Mãe queima e tira a vida ao abusador da filha – agora, o juiz decide o impensável

- março 28, 2018



Nunca saberemos do que seremos capazes até vermos alguém que amamos em perigo, tal como essa mulher que queimou e tirou a vida ao abusador da filha. Há quase 20 anos, no dia 17 de outubro de 1998, Veronica de apenas 13 anos foi estuprada enquanto ia comprar pão no bairro de Alicante, na Espanha.

O monstro que fez isso foi um homem chamado Antonio Cosme, que a ameaçou com uma faca. A vida da menina mudou para sempre após aquele terrível ataque. Felizmente, a justiça foi feita e o abusador foi para a prisão. No entanto, sete anos depois, Antonio voltou para assombrar as vidas da mãe e da filha.

    Youtube – Univision Noticias


No dia 13 de junho de 2005, o abusador saiu da prisão e a primeira coisa que ele fez foi se aproximar da mãe de Veronica, Maria del Carmen, para perguntar como estava a filha. A mulher e a filha já haviam sido ameaçadas de morte, e a “saudação” de Antonio foi tomada pela mulher como outra ameaça de morte contra a pequena menina.


   Youtube – Univision Noticias


Temendo o que o homem pudesse fazer, María del Carmen foi a um posto de gasolina próximo. Depois, ela comprou uma garrafa de combustível e foi ao bar onde o abusador estava, pegando fogo nele. Obviamente, o homem morreu e a mulher foi presa pelo que fez.
Hoje, após 12 anos, a justiça anunciou que Maria del Carmen irá ficar em liberdade antes do Natal, depois de ter recebido o perdão do tribunal.


Youtube – Univision Noticias


Ela diz que não lembra nada do incidente, mas a família do falecido Antonio pede que a justiça seja feita. O que você acha? María del Carmen deve ser libertada depois de matar o abusador da filha?

Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe para ver o que seus amigos pensam sobre o assunto.

Fonte: Newsner / História Com Valor
Advertisement