O homem com o QI mais alto do mundo tem uma mensagem transformadora para sua vida!

- março 21, 2018


O engenheiro sul coreano Kim Ung-Yong é considerado o homem com QI mais elevado do mundo, até foi listado no Guinness World Records com esse título.
Conhecendo Kim Ung-Yong

Kim Ung-Yong nasceu na Coréia do Sul e começou a falar aos 6 meses de idade. Até os dois anos, ele já era capaz de ler coreano, japonês, inglês, alemão e muitas outras línguas.
O pai de Kim diz que aos quatro anos ele já havia memorizado cerca de 2000 palavras em inglês e alemão. Além disso, ele escrevia poesias em coreano e chinês, e chegou a escrever dois livros curtos de ensaios e poemas.

Kim Ung-Yong conseguiu dominar a álgebra muito cedo, e quando tinha apenas quatro anos, pontuou mais de 200 em um teste de QI que geralmente é aplicado em crianças de 7 anos de idade.
A NASA ficou sabendo de Kim e percebeu que não podia deixar uma mente tão brilhante passar desapercebida e desaproveitada no mundo. Portanto, aos 8 anos de idade, ele foi levado à agência espacial americana. Kim trabalhou anos na NASA, ao lado de outras mentes incríveis.
No entanto, em seu interior, Kim sentia que isso não estava certo e começou a se sentir vazio e incompleto. Ele diz que ficou muitos anos sentindo-se um robô, “Naquela época, levava minha vida como uma máquina – acordava, resolvia a equação diária, comia, dormia e assim por diante. Eu realmente não sabia o que estava fazendo, estava solitário e não tinha amigos”, diz ele.
Então, aos 16 anos, Kim voltou para seu país, Coréia do Sul. Quando chegou lá, foi apelidado de “gênio defeituoso” e era criticado a todo momento.


Do que é feito o QI das pessoas?


QI, sigla para Quociente de Inteligência, é uma medida obtida através de testes desenvolvidos para avaliar as capacidades cognitivas de uma pessoa em comparação com a população em geral.
Os testes de QI usam uma escala padronizada de pontuação, sendo 100 uma pontuação mediana. Em grande parte dos testes, uma pontuação entre 90 e 110 indica inteligência média. Pontuações acima de 130 representam inteligência excepcional e pontuações abaixo de 70 podem indicar retardo mental. Para determinar a pontuação, os testes levam em consideração a idade da criança/adulto.
De forma simples, o objetivo dos testes de QI é medir a capacidade geral de uma pessoa de resolver problemas e entender conceitos. Os testes avaliam capacidade de raciocínio, de resolução de problemas, de associação e de armazenar e recuperar informações.

A mensagem de Kim para todos nós

Nem sempre é fácil ser uma pessoa que se destaca em meio aqueles ao seu redor. Kim, por exemplo, perdeu muitas coisas em sua vida, principalmente durante sua infância. Por isso, hoje, um dos objetivos de Kim é mostrar ao mundo que um QI elevado não é a chave para a felicidade. Veja abaixo sua mensagem:
“As pessoas sempre tentam ser especiais, negligenciando sua felicidade comum. Mas elas devem entender que quase sempre a felicidade é feita das coisas simples que desvalorizamos, como amizades nutritivas, a oportunidade de compartilhar momentos ​​com amigos, pessoas queridas, assim por diante. Eu não pude ter essas coisas, mesmo querendo. É por isso que eu sei que o que estou dizendo é importante”, disse Kim.
A mensagem de Kim é bem simples e poderosa: “Ser especial não é tão importante quanto viver uma vida simples”. A história de Kim pode nos ensinar muito sobre o que realmente importa na vida.

Fonte: Luiza F
Advertisement