Polícia arromba porta de casa – quando a jovem de 24 anos acorda no hospital seu pior pesadelo tinha virado realidade.

- março 18, 2018


Lauren Wesser, uma mulher de 24 anos, vivia uma vida de sonho. Ela era um modelo e amava a sua profissão mais do que tudo. Mas, numa terrível noite de 2012, ela estava em uma festa e começou a se sentir mal. A jovem ainda tentou controlar os sintomas, mas acabou por ir para casa, a conselho dos amigos. Inicialmente, Lauren achou que não era nada de grave. “Eram apenas sintomas semelhantes à gripe, eu estava com náuseas e suando”, disse.

   Instagram

Logo que chegou a casa, ela adormeceu e só acordou com a polícia batendo na sua porta. A mãe da modelo tinha chamado as autoridades porque ela não sabia do paradeiro da filha. Nessa altura, Lauren assegurou que estava bem, que só queria dormir dormir um pouco. Mas, como a mãe não teve notícias na manhã seguinte, ela ligou para todos os seus amigos. Como nenhum sabia do seu paradeiro, ela contactou a polícia de novo.

30 minutos depois da chamada, os oficiais conseguiram entrar no apartamento e encontraram Lauren no chão no quarto. “Eu tinha uma febre de 41 graus, meus rins estavam prestes a ceder e tive um ataque cardíaco.”


Instagram
Lauren foi apressada para o hospital, mas nenhum médico sabia o que poderia ter acontecido com a saudável mulher de 24 anos. Apenas um dos profissionais de saúde tinha uma suspeita do que poderia ter causado todos aqueles problemas. O palpite do doutor acabou por se confirmar: as análises de sangue deram positivo para o Síndrome de Choque Tóxico. Assim que trataram os sintomas, a modelo começou a responder muito melhor aos tratamentos. Mas os médicos ainda estavam céticos sobre as chances de sobrevivência de Lauren.

“Eles disseram à minha mãe e ao meu padrinho que eles deveriam preparar o meu funeral, que não havia forma de eu sobreviver; seria um milagre “, disse a jovem.



Instagram
A jovem ficou coma e os médicos trabalharam duro para salvar sua vida. Lauren acordou uma semana e meia depois, mas, quando abriu os olhos, ela percebeu que a situação era séria: a modelo se sentia inchada e com uma sensação de queimadura nos pés.

Por engano, ela percebeu que iria perder parte de si mesma quando ouviu uma enfermeira falando ao telefone. “Eu lembro-me que ela estava falando com alguém que disse: ‘Eu tenho uma garota de 24 anos aqui que precisará de amputação abaixo do joelho da perna direita'”. Foi muito difícil para Lauren assinar o documento para aprovar a amputação.



Instagram
Mas Lauren é forte e, em vez de ir abaixo, ela acabou por transformar a sua dor em algo útil. Ela modelou em várias campanhas com sua prótese de perna, e trabalha muito para divulgar o Síndrome do Choque Tóxico (SCT), assim como os riscos associados aos absorventes.

O SCT é causada pelos estafilococos. Estas bactérias podem se multiplicar se entrarem em contato com sangue humano por um longo período de tempo. Neste caso, o contato ocorreu devido a um absorvente. O veneno produzido pelos estafilococos faz com que o corpo acabe em um chamado estado de choque. Isso significa que a pressão arterial diminui muito e os tecidos do corpo não obtêm o oxigénio que precisam. A condição de choque deve ser tratada intensamente com antibióticos o mais rápido possível, para que a pessoa possa recuperar.



Recentemente, a modelo teve que amputar a outra perna, também como efeito secundário do terrível Síndrome do Choque Tóxico, e está tentando se adaptar à nova vida.



Instagram
Aqui estão alguns sintomas do SCT:

Vómitos ou diarreia.
Vermelhidão na pele ou olhos vermelhos.
Palmas e solas dos pés inchados.
Dores nos músculos
Dores de cabeça.
Tonturas e suores frios.
Menstruação com cheiro intenso (esteja atenta a este sintoma apenas se estiver utilizando um absorvente)
Como evitar:

Mude o absorvente a cada 8 horas, no máximo. De preferência, deve trocar sempre de 4 em 4 horas.
Lave bem as mãos antes de substituir o absorvente.
O risco de vir a ter o SCT usando tampões é muito baixo se você seguir estas dicas.

Compartilhe para que mais nenhuma mulher tenha que passar pelo mesmo!

Fonte: Incroyable
Advertisement