Mãe olha para o recém-nascido, deteta algo azul e explode em lágrimas

- abril 06, 2018




O nascimento do filho de Michelle Campbell e Chris Korres foi uma montanha russa de emoções. Benjamin nasceu dois meses antes do parto. Devido a ser prematuro, ele precisava de cuidados e atenção constantes. Então, ele foi colocado rapidamente na terapia intensiva neonatal. Durante a sua estadia, os pais repararam em algo azul no recém-nascido, e explodiram em lágrimas. Saiba tudo abaixo!


Facebook – Michelle Campbell Korres


Sob o olhar atento das enfermeiras, Benjamin começou a ficar forte e surpreendeu a todos. Apesar de ser prematuro, ele conseguiu se desenvolver normalmente, e estava crescendo saudável. A mãe Michelle e o pai Chris se sentiram mais relaxados, e mal podiam esperar para ter o bebê em casa. Mas, um dia, quando os pais foram visitar Benjamin enquanto ele ainda estava no hospital, e viram algo estranho. Quando o casal se aproximou da incubadora, reparou que havia algo azul pendurado no gotejamento.


Facebook – Michelle Campbell Korres


Super-herói

Junto dele, havia uma pequena capa, como a do Super-Homem, com a letra “B”. Ao lado, havia uma nota que dizia: “Para o nosso pequeno super-herói, todo o amor de Stephanie T”. Comovida pelo gesto inesperado de uma estranha, e com as emoções inundando seu corpo, Michelle imediatamente começou a chorar.


Facebook – Michelle Campbell Korres


Nem ela nem o marido conheciam ninguém chamado Stephanie no hospital. Devido a isso, os pais estavam curiosos para saber quem poderia ter deixado a nota e porquê. Michelle e Chris perguntaram, e logo descobriram que Stephanie Treherne era enfermeira no departamento de cuidados neonatais. Ela estava encarregada de cuidar dos bebês nascidos prematuramente.

A capa do Super-Homem e as palavras amorosas eram a maneira de Stephanie dar às crianças um pouco mais de amor.


Facebook – Michelle Campbell Korres


Ela achou que esse era um belo gesto para os recém-nascidos prematuros. Então, em outubro, Stephanie começou a fazer pequenas capas para as crianças com quem trabalhava. Embora seja difícil fazer roupas para todas as crianças, Stephanie já conseguiu confecionar 100 peças.


Facebook – Michelle Campbell Korres


“Isso traz um sorriso para os rostos dos pais em um período que não é assim tão bom, então foi muito especial”, disse Michelle. Desde então, Benjamin deixou o hospital e está ficando mais forte a cada dia que passa, em casa. Os pais estão muito gratos à enfermeira bondosa, e também a toda a equipe por terem sido super atenciosos com o bebê.

O pequeno é certamente um super-herói forte e mereceu sem dúvida a capa de Super-Homem.


Facebook – Michelle Campbell Korres


Todos os dias, enfermeiros e outros profissionais de saúde em todo o mundo lutam para  salvar vidas e animar os pacientes e familiares. Compartilhe para homenagear todos eles!

Fonte: Newsner / História Com Valor
Advertisement