Mãe entra em pânico porque bebê perde peso — um mês depois, vê algo que os médicos não notaram

- junho 07, 2018



Jordan Talley ficou muito feliz depois de dar à luz uma menina chamada Lucy.

Mas depois de algumas semanas, Jordan percebeu que sua filha não estava ganhando peso tão rapidamente quanto deveria.

Então, um mês depois, ela deu uma olhada mais de perto na boca de Lucy e percebeu algo que os médicos haviam deixado passar…

Quando Lucy nasceu, ela era saudável e pesava 2,9 kg. Mas no momento em que a recém-nascida deixou a maternidade, ela estava 200g mais magra.

Como é comum os bebês perderem um pouco de peso durante os primeiros dias fora do útero, Jordan não pensou muito sobre isso. Lucy estava em casa e tudo parecia bem. Jordan a amamentava regularmente e ela dormia bem durante a noite.

Então, uma semana depois que Lucy chegou em casa, Jordan a levou para o hospital para um checkup de rotina. O peso do bebê caiu para 2,6 kg. Mais uma vez, o médico assegurou que não havia nada de errado; Lucy estava completamente saudável.

“Eu fui para casa e cuidei e amamentei e amamentei. Eu estava com dor toda vez que ela me pegava para comer. Ela era exigente – como se meus seios fossem garrafas vazias e eu a estivesse forçando a sugar ar”, escreveu Lucy em Love What Matters.

Lentamente, Lucy começou a ganhar um pouco de peso, mas ainda menos do que quando nasceu. Jordan sentiu que algo ainda não estava certo. Ela estava preocupada que Lucy tinha uma espécie de língua presa (ankyloglossia) e talvez por isso não estivesse ganhando peso. (Basicamente, é uma condição que restringe a língua de um recém-nascido e interfere na amamentação).

No check-up seguinte de Lucy, os médicos disseram que ela ainda não estava ganhando peso. E se isso não mudasse em um mês, eles teriam que agir.

Jordan chorou quando saiu do hospital porque não sabia o que estava errado. Então, duas semanas depois, Lucy ainda perdia peso e seus olhos estavam embotados e afundados. Jordan entrou em pânico e foi para o hospital novamente.

Finalmente, ela finalmente teve algumas boas notícias. Seu médico descobriu que Lucy não estava recebendo calorias suficientes do leite materno. Então ele recomendou um suplemento para bebês.

Jordan se voltou para o Facebook e pediu ajuda em um grupo de apoio à amamentação. Uma mulher do grupo notou um detalhe interessante em uma foto que Jordan havia postado e que indicava má amamentação.

Depois de visitar outro especialista em amamentação, Jordan confirmou o que suspeitava – que Lucy tinha um problema na língua e precisava de cirurgia.

A operação foi bem sucedida e Lucy foi finalmente capaz de obter a nutrição que ela precisava. E depois de apenas algumas horas, Jordan notou a diferença!

Deve ter sido difícil para Jordan e sua família não saberem por que sua amada garotinha não ganhava peso. Mas é maravilhoso saber que ela está indo bem e se desenvolvendo normalmente. Por favor, compartilhe esta história feliz com seus amigos!

Fonte: Newsner
Advertisement