Os pais de Sadie sabem quem a matou e decidem revelam a verdade num obituário chocante

- junho 07, 2018




Quando Sadie Riggs, de 15 anos, se suicidou, sua família ficou completamente arrasada.

É difícil imaginar que com a idade de Sadie ela poderia estar deprimida o suficiente para tomar uma atitude tão drástica.

Mas sua família sabia por que ela morreu e queria deixar claro quem era o culpado.

Na primeira parte do obituário, eles seguiram a fórmula tradicional: descreviam quem era Sadie e o que ela gostava. Eles mencionaram que Sadie jogava softball e adorava ler e desenhar. Mas então, deram um rumo diferente e resolveram mudar o discurso…

Em uma mensagem sincera, a família de Sadie descreveu exatamente quem era culpado pela morte da filha:

“Em um esforço para desmascarar os rumores sobre a morte de Sadie, gostaríamos de compartilhar algumas informações. Sim, Sadie tirou a própria vida, ela se enforcou. É difícil imaginar que alguém tão jovem poderia ser tão perturbado. Sadie estava procurando ajuda, estava em aconselhamento e tomando medicação. Mas era demais para uma alma tão jovem conviver com aquilo. Se você tirar um minuto e observar a dinâmica da família de Sadie, verá que um grande percentual de pessoas em sua vida não se relacionou com ela pelo sangue, mas ela foi enviada a nós por Deus, que sabia que essa criança precisava de uma família”.

“Sadie teve uma vida difícil e até um incidente na escola, ela lidava com tudo que a vida lhe servia. Para uma jovem tão animada em ir para o ensino médio, as coisas certamente deram muito errado para ela. Para os agressores envolvidos, saiba que vocês foram eficientes em fazê-la se sentir inútil. Isso é tudo entre você e Deus agora, mas, por favor, saibam que não é tarde demais para mudar seus caminhos. ”

A família de Sadie continuou o obituário, apontando a dor de tantas pessoas que sofrem com o bullying:

“Para todos os valentões lá fora, eu só quero que vocês saibam que desprezamos suas ações. Nunca, nunca desejamos que vocês sintam a dor paralisante que engole nossos corpos, uma dor tão severa que faz do simples ato de respirar algo difícil ou a culpa que nos toma, imaginando o que poderíamos ter feito diferente – ou aquela luta para lembrar as últimas palavras que falamos … ”

E em uma reviravolta, a família terminou o obituário com alguma esperança:

“Em vez de flores, a família de Sadie pede que vocês sejam gentis com os outros”.

Infelizmente Sadie não é um caso isolado. De acordo com o bullyingstatistics.org, o suicídio é a terceira principal causa de morte entre os jovens, e pelo menos metade deles está relacionada ao bullying.

Eu nunca vou parar de escrever ou compartilhar histórias como essa até acabar o bullying!

Podemos começar a mudar a situação hoje, dando um bom exemplo. Trate sua família, amigos e colegas com respeito, gentileza e amor.

Curta e compartilhe se você quiser ajudar a criar um mundo melhor, onde as crianças não se matam por causa do bullying.

Fonte: Newsner
Advertisement