Cadela é resgatada pouco antes de dar seu último suspiro

- julho 03, 2018



Não conseguimos entender como existem pessoas capazes de deixar seus animais sofrer. Hoje vamos conhecer uma cadelinha que estava à beira da morte, mas felizmente, acabou por ser resgatada no último minuto. No Brasil, na região de Montes Claros, uma mulher simplesmente se aborreceu de seu animal, como se fosse um brinquedo ou algo fora de moda.

A mulher desprezível referiu que estava farta de sua cadela e que não a amava. Infelizmente, ela abandonou a cadelinha, causando-lhe dias de sofrimento e agonia.

Quando Patrícia Gomes, membro da equipe de resgate, chegou ao local, ela não podia acreditar em seu olhos…

Sua saúde estava comprometida

Ela estava em completo estado de desnutrição e desidratada. A sua vida estava por um fio! Patricia afirma que ela estava praticamente morta, quando eles chegaram.


A linda menina, chamada Akita, foi transferida com urgência para um veterinário, onde recebeu os cuidados médicos necessários. O primeiro veterinário que a examinou referiu que era apenas uma questão de horas, até a cadelinha dar seu último suspiro. Seu peso médio deveria rondar 19 quilos. No entanto, ela pesava apenas 7 quilos.


O caso da cadelinha foi divulgado nas redes sociais e respostas foram de total repúdio e indignação. Apesar de tudo, a mulher sem coração, pediu novamente a custódia de Akita… As autoridades não puderam acreditar em tal audácia e falta de respeito pela vida e pela justiça.

Barbara Honorato, advogada, lamenta que não haja a devida atenção para denúncias de abuso de animais na cidade. Para além disso, a mulher aponta a falta de abrigos para receber os animais, que são vítimas de atos cruéis.

Os custos da recuperação da Akita foram cobertos por doações de pessoas amáveis, que respeitam os animais.

Esperemos que Akita se recupere totalmente e encontre uma casa amorosa, onde possa ser feliz. Enquanto isso, é necessário que a responsável pelo estado de negligência da cadelinha seja severamente punida. A justiça tem que ser aplicada de forma implacável.

Compartilhe essa história, se você é contra os maus tratos e o abandono de animais!

Fonte: Zoorprendente
Advertisement