Este homem pode ter vivido 250 anos, mas ele tinha uma estratégia.

- setembro 14, 2018



Li Ching Yuen, um chinês conhecido como “Rei da Longevidade”, foi um especialista em ervas e artes marciais que, segundo diferentes registros, viveu até os 250-256 anos.

Contudo, e conforme informações da ThoughtCo, em documentos mais oficiais, relata-se que sua idade original era de 199 – que também não deixa de ser impressionante. Quando questionado sobre sua estratégia de longevidade, ele respondeu utilizar quatro elementos: mente tranquila, sentar-se como uma tartaruga, andar calmamente como um pombo e dormir como um cachorro.

No entanto, a maioria das pessoas suspeita que o homem tenha conseguido viver por todo esse tempo devido aos seus conhecimentos em ervas medicinais e outras especiarias. Essa alquimia natural somada a uma alimentação saudável poderia ter ajudado Yuen a viver seus longos anos de vida. Ainda há quem sugira que ele tenha, de alguma forma, “desbloqueado” seu espírito e aprendido o segredo da longevidade. Sua vida foi retratada em uma biografia escrita por Dr. Yang Jwing-Ming, conforme pode ser lido no trecho abaixo:

“Li Ching Yuan nasceu em 1678 na cidade de Chyi Jiang Hsien, na província de Szechuan. Depois, ele foi para Kai Hsien, feudo da família Chen. Ele morreu em 1928, aos 250 anos. Quando ele tinha 71 anos, se juntou ao exército do comandante provincial Yeuh Jong-Chyi. A maioria de suas esposas morreram cedo, então, durante o curso de sua vida, ele se casou 14 vezes”. “Li foi um herbalista, um hábil praticante de Chi Kung e gastou a maior parte de sua vida em regiões de montanhas. Em 1927, o general Yang Sen convidou Li para sua casa em Wann Hsien, na província de Szechuan, onde uma foto dele foi tirada. Li morreu no ano seguinte, ao retornar de sua viagem”.

“Depois que ele morreu, o general Yang investigou o passado de Li e confirmou a verdade sobre sua vida. Depois, escreveu um texto sobre ele, intitulado ‘Um Contagem Real de um Homem Sortudo de 250 Anos de Idade’, que foi publicado pelo Armazém da Literatura Chinesa e Estrangeira, em Taipei, Taiwan”. “Todas as informações disponíveis indicam que a história é verdadeira. O legado de Li Ching Yuen para nós é o fato de que é possível para um ser humano viver mais do que 200 anos, se ele ou ela souber como. Por causa disso, nós acreditamos profundamente que, se estudarmos e pesquisarmos humildemente, o dia vai chegar em que todo mundo vai viver por pelo menos 200 anos”.
 
Longevidade chinesa

Porque possuem estilos de vida mais saudáveis, os chineses possuem a maior taxa de expectativa de vida do mundo – cerca de 83 anos. Para efeito de comparação, a expectativa de vida no Brasil é de 76 anos.

Fonte: Jornalciencia

Advertisement