Por que os médicos utilizam roupas verdes ou azuis nas salas de cirurgia?

- setembro 14, 2018



Geralmente, profissionais da saúde são vistos andando pelos ambientes de hospitais trajando roupas brancas.

Este hábito surgiu lá trás, no final do século 19, quando foi comprovado que muitas doenças eram provenientes da falta de assepsia dos hospitais, e isso virou norma. No entanto, nas salas de cirurgia, cirurgiões, anestesistas e auxiliares são sempre vistos utilizando roupas verdes ou azuis, mas, por que isso acontece?

Basicamente, se você considerar o círculo cromático, verá que azul e verde são cores complementares ao vermelho (a cor do sangue). Ou seja, são muito contrastantes. Por isso, são adequadas para melhorar a visão dos médicos durante os procedimentos de cirurgia, de acordo com informações da bióloga Karlla Patrícia, do Diário de Biologia.

Agora, para exemplificar melhor isso, considere a imagem do coração abaixo. Se você olhar para ela fixamente por 10 segundos e em seguida olhar para uma superfície branca verá, de fato, a sombra de um coração azulado. Logo, entende-se que, se as roupas e paredes das salas de cirurgia fossem brancas, a visão dos médicos seria prejudicada.


A ilusão de ótica criaria várias sombras e isso distrairia os profissionais. Isso, no entanto, é desfeito pela cor das roupas verdes e azuis. Ainda, é como se a cor “limpasse” o cérebro dos médicos para o vermelho,resultando em conforto visual e aumento de concentração.

De acordo com especialistas, nosso cérebro interpreta uma cor em relação a outra. Por exemplo, ao olhar por muito tempo para as variações de vermelho e rosa, os sinais destas cores no cérebro ficam desbotados. Em prática, isso afetaria a capacidade de sensibilidade do cirurgião em relação ao vermelho. No entanto, ao olhar para cores frias, como verde e azul, essa sensibilidade é melhorada.

Fonte: Jornalciencia
Advertisement