Depravado segue mãe e filha de 2 anos na loja. De repente, ele sussurra: “Diga adeus à mamãe”.

- outubro 26, 2018


Não é fácil sair com uma criança, pois numa fração de segundo ela pode correr e ser atropelada, ou pior, ser raptada. Por isso, é importante os pais dizerem aos filhos para não falarem com estranhos, e pedirem ajuda à polícia caso se percam. Em fevereiro de 2016, uma mãe chamada Amanda Cropsey Florcyzkowski, do Texas, EUA, estava em um supermercado fazendo compras com sua filha de 2 anos. De repente, ela ouviu um depravado sussurrando: “Diga adeus à mamãe”.

Ao ouvir a simples frase, a mulher gelou. Ainda bem que Amanda estava atenta, pois ela suspeita que o homem e a mulher que estavam no caixa, que à primeira vista pareciam bastante normais, tinham planos de sequestrar a sua filha. Felizmente, esta mãe estava alerta, caso contrário, ela e a sua família poderiam ter sido vítimas de algo terrível.

Tentativa de rapto

No dia 24 de setembro de 2018, o Texas foi atingido por outro incidente desse tipo. Tal como anteriormente, o alvo era uma mãe fazendo compras com sua filha de 4 anos. Enquanto a mãe enchia o carrinho de compras, ela fazia o melhor para ficar de olho na menina. Quem é pai sabe como é difícil manter uma criança sob constante supervisão. Infelizmente, apenas dois segundos podem ser suficientes para abrir a porta para um cenário de pesadelo.

De acordo com um relatório da polícia, duas pessoas desconhecidas, um homem e uma mulher, tentaram tirar a garota do carrinho de sua mãe. Felizmente, um dos funcionários da loja viu o que estava acontecendo e interveio.

A mãe em questão desapareceu rapidamente da loja com a filha.  A criança escapou sem lesões físicas, mas o incidente está sendo investigado pela polícia. Mesmo que nós gostemos de prestar muita atenção aos nossos filhos, é praticamente impossível fazer isso todos os segundos do dia, especialmente se você tiver mais do que um.

Por isso, é crucial que você instrua seus filhos sobre o que fazer se eles forem abordados por um estranho. Instrua as crianças a gritar, chutar e lutar com todas as forças, se algum depravado tentar levá-los contra sua vontade. Esta súbita explosão de ruído é muitas vezes suficiente para assustar um sequestrador, que com certeza não quererá chamar a atenção das pessoas ao seu redor.

Ainda bem que o assistente de loja conseguiu impedir o que poderia ter sido um desastre. Compartilhe esta história no Facebook para que seus amigos e familiares estejam cientes dos riscos associados ao sequestro e tráfico de crianças. Precisamos educar os nossos filhos para o caso de eles se depararem com uma situação destas!

Advertisement