Mãe compartilha foto comovente de filho autista no aniversário depois de ninguém aparecer para festejar.

- outubro 10, 2018




Aniversários devem ser ocasiões felizes, momentos de festa e alegria para a pessoa que fez mais um ano de vida. Infelizmente, nem sempre os planos dão certo, principalmente nos aniversários de pessoas com necessidades especiais. Muitas vezes, elas são ridicularizadas ou, pior, totalmente ignoradas.

Megan Aguilar, uma mãe de 31 anos de Elk Grove, Califórnia, há muito tempo desistiu de fazer festas de aniversário para seu filho Aidan. Aidan tem autismo, e encontrar amigos duradouros é difícil para ele.

Mas quando seu aniversário de 13 anos estava chegando, no dia 1 de fevereiro, e ele perguntou se o seu dentista lhe enviaria um cartão de aniversário, Aguilar teve uma idéia: não seria bom se um grupo de pessoas compartilhasse algum elogio de seu filho?

Então, ela fez um pedido no Facebook, esperando uma ou duas dúzias de cartas. Mal sabia ela que o filho ia receber muitas mais! “Eu recebi mais de 100 cartões”, disse Aidan. “Eu fiquei surpreso. Minha mãe achou que eu poderia receber 20.”

Cartas de aniversário

Chris Ramirez, de Palm Beach Gardens, na Flórida, entende como é difícil ter uma boa festa de aniversário. Também autista, Chris, de 14 anos, fez mais do que apenas evitar festas de aniversário. Ele tem sido intimidado na escola desde a quarta série, o que o fez desistir do contato social por completo. “As crianças sempre têm amigos e tudo, e isso me deixa triste porque eu não tenho amigos, e eu fico tipo ‘cara, eu queria um dia ter um amigo'”, disse ele em entrevista.

Mas a Fundação Cherab decidiu tornar seu aniversário em algo realmente especial. Para além de pagar a conta de boliche, a associção convidou toda a comunidade para vir e celebrar Chris. “Ao colocar um foco sobre a criança, estamos ajudando a reduzir a intimidação e a alienação da criança, e a promover aceitação”, disse Lisa Geng, presidente do grupo.

Chris teve dificuldades, mas a única coisa pior do que não ter uma festa é fazer uma – e ninguém aparecer. Melissa Dial viu uma foto comovente em um grupo do Facebook que mostrava uma criança autista sentada sozinha em um estacionamento enquanto esperava que alguém viesse à sua festa.

“Estou fazendo disso minha missão pessoal… ajudar esse garotinho a ter o melhor aniversário que já teve”, escreveu Dial. “Eu estou pedindo para que todos lhe enviem cartões, cartas, presentes, o que você puder pagar.”

Felizmente, dezenas de cartas chegaram de todas as partes do país, e continuavam chegando mesmo depois do aniversário do menino. “Nosso amiguinho começou a receber alguns de seus presentes de aniversário! Parece que ele está tendo um ótimo aniversário agora!! Louve a Deus!!!”

É incrível como um pequeno gesto como enviar uma carta pode fazer uma grande diferença. Compartilhe se achou lindo o que fizeram por estes meninos autistas.

Fonte: historiascomvalor
Advertisement