Mãe encontra bolhas de sangue na boca do bebê de 1 ano – o diagnóstico quebrou seu coração.

- outubro 10, 2018


Samantha Rodgers é uma mãe de Iowa, Estados Unidos, que tem um filho de 1 ano chamado Juliano. De repente,
 a mulher começou a notar que ele tinha bolhas de sangue ao redor de sua boca. Achando que ele estava com gripe, Samantha levou o filho ao médico, que não levantou alarmes. No entanto, o diagnóstico final era bem pior do que ela suspeitava!

As bolhas de sangue ao redor da boca de Juliano marcaram o começo de um pesadelo. Após a ida ao médico, as feridas de Juliano continuaram a piorar. O pânico de saber que o filho estava doente tomou conta dessa mãe, que nada podia fazer perante a situação. Quando as dolorosas erupções de Juliano se espalharam por seu pescoço e estômago, Samantha tornou a levá-lo ao médico.

Dessa vez, os médicos decidiram fazer o teste do Vírus Herpes Simples do Tipo 1. Para grande surpresa de Samantha, os resultados foram positivos. Seu garotinho estava infectado com herpes, uma doença que permanecerá com ele para sempre.

Bebê contrai vírus da herpes

Ninguém sabe ao certo como Juliano foi infetado, mas o vírus normalmente é passado através das bolhas ou saliva da pessoa que possui a doença. As crianças são especialmente sensíveis a esta doença. Basta um beijo de alguém que tenha o vírus ativo para que os mais novos fiquem infetados.

“É uma droga, porque agora esse é um problema para a vida toda. Toda vez que ele está com febre, toda vez que ele está doente ele pode ter um surto, eu não sei como lidar com isso. Estou tentando fazer o melhor, é triste, parte meu coração e não posso fazer nada para ajudá-lo,” disse Samantha.

Juliano já recebeu tratamentos para reduzir os seus sintomas e está se sentindo melhor agora. Infelizmente, ele carregará o vírus consigo para o resto da vida. Samantha não sabe quem infectou seu filho, mas ela quer alertar outros pais para terem cuidado. A mulher apela para que não deixem as pessoas as pessoas com herpes entrarem em contato com seus filhos.


Mãe pede que pais tenham cuidado

“Tudo o que posso dizer é apenas para serem cautelosos, pode ser qualquer um: seu melhor amigo, sua irmã, seu irmão ou sua mãe, pode ser qualquer um. Todo o mundo precisa lavar as mãos, se higienizar, se você vir uma afta ou qualquer coisa neles, não deixe que eles toquem no seu bebê.”

Infelizmente, o caso de Juliano não é isolado. Nós já escrevemos sobre uma garota chamada Sienna, de dois anos de idade, que de repente teve uma erupção sangrenta no rosto. Os médicos levaram oito meses para descobrir o que estava errado. Só aí é que perceberam que ela estava infetada com o vírus da herpes, e tudo aconteceu porque um parente lhe deu um beijo.

Quanto mais novas as crianças, mais perigoso é o vírus da herpes para elas. Compartilhe a informação com seus amigos e familiares que tenham filhos para que este tipo de situações não volte a acontecer.

Fonte: historiascomvalor
Advertisement