Pais dão beijo de despedida à filha no hospital – 30 minutos depois, um grito é ouvido na sala

- outubro 17, 2018


Quando alguém da nossa família fica doente, é sempre difícil de aceitar. Mas quando essa pessoa é uma criança, a dor é ainda mais intensa. Os filhos não deviam partir mais cedo que seus pais…



Francesca e Lee Moore-Williams são um casal de Londres que tem dois filhos, Bobby e Bella. A vida desta família era um verdadeiro conto de fadas. Mas quando eles menos esperavam, algo trágico aconteceu…



Durante as férias, Bella, a menina de 18 meses, começou a ficar doente e a perder cabelo. Os pais ficaram muito aflitos, pois não sabiam o que estava a acontecer com a sua filha adorada.


Logo que começaram a notar que a garotinha não estava bem de saúde, eles decidiram levá-la para um hospital de Londres. Lá, os médicos fizeram vários exames e descobriram algo que deixou o casal em estado de choque!



Bella tinha anomalias no cérebro, e a bebê estava cada vez pior… Algum tempo depois, a menina foi ligada a máquinas para sobreviver. Seu corpo estava cheio de tubos e sondas.



As notícias não eram nada reconfortantes. Devido a uma das sondas debaixo da sua massa muscular, os médicos descobriram que Bella não produz a vitamina B12, uma enzima necessária para o
desenvolvimento das células.


Apenas 1 em cada 60.000 pessoas sofrem daquela doença. Os profissionais de saúde não deram esperança aos pais: ela não ia sobreviver.


Francesca e Lee tiveram de tomar a decisão mais difícil de suas vidas: desligar as máquinas da pequena Bella, para que não sofresse mais ou ficasse em estado vegetativo.

Vários amigos e familiares se reuniram no hospital para dizer o último adeus à criança. O casal não aguentou as lágrimas e começou a chorar ao pé da filha, segurando sua mão pela última vez. Mas, de repente, algo milagroso aconteceu…




A menina agarrou com força no dedo do pai e voltou à vida, chutando e gritando. Bella recusou abdicar da vida!

Toda a gente pensou que ela iria morrer, mas o destino deu uma incrível reviravolta… Depois de algumas semanas de medicação, ela começou a recuperar.







Cinco meses mais tarde a diferença é impressionante. O cabelo está crescer, ela já corre e ri. Lee e Francesca dizem que aquele foi o seu milagre de Natal… nunca ninguém pensou que Bella sobrevivesse.

Hoje em dia ela é uma garota completamente normal. Ela adora montar seu cavalo de plástico rosa e é muito curiosa.





Essa é uma prova que os milagres acontecem… compartilhe a comovente história com seus amigos e familiares!
Fonte:História com Valor

Advertisement