Pedófilo vai ser castrado quimicamente após aprovação de nova lei.

- outubro 26, 2018



Recentemente, uma lei foi aprovada no Cazaquistão em que os pedófilos irão sofrer castração química como pena pelos seus atos. Está para breve o momento em que o primeiro criminoso será castrado quimicamente. O governo aprovou novas leis sobre crimes de pedofilia, e essa é uma das medidas que está gerando controvérsia.
O criminoso, que não foi identificado, é da região do Turquestão. Ele receberá uma injeção que o irá castrar quimicamente, tudo isto sob a supervisão do Ministério da Saúde. Nursultan Nazarbayev, o presidente do Cazaquistão, já financiou 2000 injeções para serem utilizadas nos pedófilos condenados.

“Neste momento, houve apenas um pedido de castração química e, isso, em conexão com um pedido do tribunal,” contou Lyazzat Aktayeva, o ministro da Saúde. De acordo com o senador Byrganym Aitimova, a castração é apenas “temporária”. O objetivo é impedir que o pedófilo cometa outros crimes semelhantes.

Nesse país, os crimes contra crianças podem levar a 20 anos de prisão. Ao contrário das outras castrações, a química é apenas temporária e não é garantido que o indivíduo perda o desejo para sempre.

Controvérsia sobre a castração química
Várias pessoas se perguntam se esse método temporário será eficaz, e se será realmente necessário um investimento tão grande nessas injeções. Entre 2010 e 2014, os casos de pedofilia duplicaram: 1000 por cada ano.

A castração química vai ser feita através de uma substância chamada Cyproterone. O Reino Unido também já anunciou que gostaria de fazer a castração química àqueles que fossem considerados culpados de crimes de pedofilia.

Apesar da controvérsia, vários especialistas e políticos dizem que a castração química é uma alternativa mais eficaz do que métodos de reabilitação. Durante um tempo, os criminosos não sentirão mais desejo libidinoso. As estatísticas indicam que eles ficam menos propensos a cometer outras agressões.

O que você acha sobre o assunto? Compartilhe a sua opinião connosco nos comentários!

Fonte:  historiascomvalor
Advertisement