Benefícios da pitanga e por que inseri-la na sua alimentação.

- novembro 30, 2018




A pitanga é uma fruta exótica brasileira que tem inúmeros benefícios para a sua saúde

benefícios da pitanga para a saúde

Você com certeza já comeu pitanga, pelo menos quando criança. No Brasil, subir em pitangueiras para colher os frutos é quase que uma tradição em muitos estados. Essa fruta é um misto de doce com azedo e o seu aroma é tão gostoso que ele é usado para fazer perfumes.

O que talvez você não saiba é que essa pequena frutinha é excelente para a saúde e pode prevenir diversas doenças, até mesmo o surgimento de tumores. Conheça seus benefícios e veja por que você deve comê-la com mais frequência.

Benefícios da pitanga para a saúde

1. Emagrece
2. Previne o câncer
3. Rejuvenesce
4. Faz bem ao coração
5. Previne a osteoporose
6. Faz bem ao estômago e aos intestinos
7. Funciona como anti-inflamatório
8. Age como diurético
9. Atua como hipoglicemiante

Benefícios para a beleza

1. Efeito adstringente
2. Repelente natural
3. Acaba com a queda de cabelo

Como consumir pitanga?

Receitas com pitanga

1. Suco de pitanga com hortelã
2. Mousse de pitanga
Como congelar?

Benefícios da pitanga para a saúde

Originária da Mata Atlântica, a fruta está presente em quase todo o país. Ela é rica em vitamina C, B e A, além de conter diversos sais minerais importantes. Também possui quantidades consideráveis de cálcio, ferro, fósforo e potássio, sendo um excelente antioxidante natural.

1. Emagrece

pitanga emagrece

A fruta tem poucas calorias, muita água e produz um efeito diurético e detox no organismo. Quem a consome diminui rapidamente o inchaço, baixando alguns números na balança. O seu suco é uma forma muito saudável de começar o dia com sensação de saciedade.

2. Previne o câncer

Os antioxidantes presentes nessa fruta são ótimos para prevenir o crescimento de tumores. Ela tem ainda fenóis e antocianinas, nutrientes que previnem doenças degenerativas genéticas. Seu consumo pode ajudar a diminuir as chances de ter câncer no futuro.

3. Rejuvenesce

Como todo alimento abundante em antioxidantes, ela previne o envelhecimento precoce das células. Os antioxidantes combatem radicais livres, substâncias que aceleram a degeneração celular.

4. Faz bem ao coração

pitanga faz bem ao coração

As muitas vitaminas presentes na fruta ajudam a reduzir a pressão arterial e o colesterol ruim. Isso faz com que você tenha menos tendência a desenvolver problemas cardíacos, bem como um acidente vascular cerebral (AVC).

5. Previne a osteoporose

A fruta contém doses altas de cálcio, principal elemento necessário para a manutenção dos ossos. A vitamina A presente no alimento também auxilia na regeneração do tecido ósseo, tornando-o mais forte e resistente a fraturas e a doenças, como a osteoporose.

Além disso, quem come a fruta evita a descalcificação, que é a perda de cálcio. Isso pode acontecer por vários motivos: menopausa, problemas de tireoide e mais.

6. Faz bem ao estômago e aos intestinos

Frutas em geral são boas para o trato estomacal e intestinal. Essa em particular ainda mais, porque é adstringente. Seus nutrientes ajudam a combater a diarreia e as gastroenterites. Se estiver com dor de barriga, beba um suco de pitanga e você notará a diferença.

7. Funciona como anti-inflamatório

Por causa dos seus nutrientes, a fruta funciona como um anti-inflamatório natural, sendo muito recomendada a pessoas com doenças como a artrite. Por causa das suas quantidades de vitamina C, ela também ajuda a melhorar o seu sistema imunológico, prevenindo gripes e resfriados.

8. Age como diurético

Em especial no caso do suco da fruta, o efeito diurético é mais acentuado, pois está consumindo na forma líquida. O suco estimula a eliminação do líquido excessivo no organismo através da urina, o que ajuda a desinchar. É uma boa opção para quem sofre com a retenção de líquidos.

9. Atua como hipoglicemiante

Ao ingerir a fruta inteira e pura, que não seja na forma de suco e nem misturada com açúcar, ela vai ajudar a reduzir os níveis de açúcar no sangue. No caso de pessoas que já têm diabetes, o ideal é conversar com o médico sobre a quantidade que pode consumir, para não acabar baixando demais a glicemia.

Benefícios para a beleza

benefícios da pitanga para a beleza

Não é só para a saúde que ela é benéfica; também é ótima para a pele e para o cabelo. Não é à toa que se fazem muitos produtos de beleza à base da planta. Os shampoos e condicionadores feitos com ela são ótimos para o cabelo, deixando-o muito mais macio e brilhoso.

1. Efeito adstringente

É um maravilhoso adstringente natural. Você pode prensar a fruta e misturá-la com água mineral para usar diretamente na pele. Assim, limpa o rosto e descongestiona os poros, evitando a oleosidade excessiva.

Por isso também diminui o efeito de problemas como a acne. Ingerir a fruta também tem esse efeito.

2. Repelente natural

Seu creme é um repelente natural contra insetos. Se você tem alergia a picadas, pode aproveitar as propriedades do alimento para evitar o problema.

3. Acaba com a queda de cabelo

A fruta possui um composto chamado alfa-hidroxiácido. Ele atua nos folículos capilares e ajuda a produzir queratina. Isso fortalece os fios e evita a queda do cabelo saudável. Os produtos de cabelo à base da fruta também ajudam a revitalizar os fios, proporcionando muito mais maciez e disciplina.

Como consumir pitanga?

Uma das formas mais comuns de consumir essa deliciosa frutinha é em forma de suco, que você vai ver a receita no próximo tópico. Também pode fazer muitas outras receitas, como chá, mousses, tortas, geleias e bolos. Até molhos para pratos doces e salgados ficam uma delícia. Não faltam desculpas para incluí-la na sua alimentação.

Receitas com pitanga

Fazer receitas com a fruta é fácil. Basta remover os caroços e então dar à ela o destino desejado. Veja a seguir duas receitas deliciosas, uma de suco e outra de mousse para servir como sobremesa.

1. Suco de pitanga com hortelã

suco de pitanga receita
Crédito: De Mãe para Filhas
Você pode fazer o suco com a fruta ao natural, acabadas de colher, ou ainda bem geladas após o descongelamento. Se tiver congelado, primeiro vai ter que remover os caroços.

Ingredientes

Pitanga: 200 gramas lavadas e sem caroço;
Folha de hortelã: a gosto;
Água: 100 mililitros.

Modo de preparo

Depois de preparar as pitangas e lavar as folhas de hortelã, coloque tudo no liquidificador;
Bata muito bem e beba em seguida. Se quiser, adicione um pouco de gelo e açúcar.
2. Mousse de pitanga

receita de mousse de pitanga
Crédito: Receitas Nestlé
Como sobremesa refrescante, uma mousse que é perfeita para depois do almoço no fim de semana ou no meio de uma tarde preguiçosa.

Ingredientes

Gelatina em pó sem sabor: 12 gramas;
Leite condensado: 1 lata;
Clara: 3 unidades;
Polpa de pitanga congelada: 200 gramas;
Açúcar: 2 colheres (sopa).

Modo de preparo

Em um recipiente de vidro que possa ser aquecido, coloque a gelatina e 5 colheres de sopa de água. Leve em banho-maria para dissolver;

No liquidificador, bata a polpa de pitanga com o leite condensado, a gelatina dissolvida e mais meia medida da lata de água;

Na batedeira, bata as claras em neve com o açúcar até que dobre de tamanho. Adicione as claras ao creme e vá misturando delicadamente, fazendo movimentos de baixo para cima, até incorporar por completo;

Coloque a mousse em um refratário ou em taças individuais e leve para a geladeira para firmar, o que deve levar pelo menos 4 horas. Depois é só saborear.
Como congelar?

Se tiver muita pitanga na sua casa e não quiser desperdiçar, uma boa alternativa é congelar para ir usando aos poucos. Aliás, você pode congelar frutas de todos os tipos, então essa é uma dica de economia e praticidade.

No caso dessa frutinha, há duas alternativas. Pode lavá-la e congelar inteira ou pode retirar o caroço, bater no liquidificador e congelar em forma de polpa. Essa segunda opção é ideal para usar em pratos como a mousse, que você viu acima, ou sorvete.

Porém, a opção de congelar a fruta inteira é melhor no sentido de preservação de suas fibras e nutrientes. Depois, quando for usar, precisa deixar descongelando na geladeira para que amoleçam novamente e possa remover os caroços.

A dica para os dois tipos de congelamento é separar em pequenas porções, pois quando descongelar é bom usar tudo de uma vez. Antes de levar ao congelador, coloque etiquetas nos potes ou saquinhos para que saiba até quando pode consumir.

Fonte: dicasonline
Advertisement