Quer saber se o outro te ama de verdade? É só identificar se ele seria capaz de tolerar a sua inutilidade!

- novembro 09, 2018



As pessoas que não nos amam de verdade jamais suportarão a nossa inutilidade, jamais ficarão conosco quando deixarmos de ser uma ferramenta através da qual podem ter alguma vantagem.
Em nossos relacionamentos, muitas vezes pensamos que as pessoas estão ao nosso lado porque nos amam, porque se sentem felizes em nossa companhia e querem compartilhar suas histórias conosco. No entanto, em muitos casos, não é o amor que as motiva, mas sim algum interesse específico.


Quando é assim, quando o sentimento não é verdadeiro, a outra pessoa ficará conosco por um tempo limitado, apenas até conseguir o que deseja ou ter suas necessidades atendidas. As pessoas que não nos amam de verdade jamais suportarão a nossa inutilidade, jamais ficarão conosco quando deixarmos de ser uma ferramenta através da qual podem ter alguma vantagem.
Esse é um tema muito importante para refletir. Compreender os interesses de alguém conosco é fundamental para decidirmos se vale a pena ou não nos dedicarmos a essa relação.
O Padre Fábio de Melo fala melhor sobre a relação entre amor verdadeiro e inutilidade no texto abaixo.


Leia com atenção e faça uma reflexão sobre tudo o que é dito, e considere a inutilidade sempre que considerar entrar em um novo relacionamento.
A inutilidade e o amor – Padre Fábio de Melo
Ter que ser útil para alguém é uma coisa muito cansativa. É interessante você saber fazer as coisas, mas acredito que a utilidade é um território muito perigoso porque, muitas vezes, a gente acha que o outro gosta da gente, mas não. Ele está interessado naquilo que a gente faz por ele. E é por isso que a velhice é esse tempo em que passa a utilidade e aí fica só o seu significado como pessoa. Eu acho que é um momento em que a gente se purifica, não é? É o momento em que a gente vai ter a oportunidade de saber quem nos ama de verdade.



Porque só nos ama, só vai ficar até o fim, aquele que, depois da nossa utilidade, descobrir o nosso significado. Por isso eu sempre peço a Deus para envelhecer ao lado das pessoas que me amem. Aquelas pessoas que possam me proporcionar a tranquilidade de ser inútil, mas ao mesmo tempo, sem perder o valor.


Quero ter ao meu lado alguém que saiba acolher a minha inutilidade. Alguém que olhe para mim assim, que possa saber que eu não servirei para muita coisa, mas que continuarei com meu valor.
Porque a vida é assim, fique esperto, viu? Se você quiser saber se o outro te ama de verdade é só identificar se ele seria capaz de tolerar a sua inutilidade.


 Quer saber se você ama alguém? Pergunte a si mesmo: quem nessa vida já pode ficar inútil para você sem que você sinta o desejo de jogá-lo fora?
É assim que descobrimos o significado do amor. Só o amor nos dá condições de cuidar do outro até o fim. Por isso eu digo: feliz aquele que tem ao final da vida, a graça de ser olhado nos olhos e ouvir do outro: “Você não serve para nada, mas eu não sei viver sem você”.
E aí, o que você achou dessa mensagem? Comente abaixo e compartilhe com seus amigos!
Fonte:O Segredo
Advertisement