Autoridades Forçam Casal a se Separar Depois de 69 Anos de Casamento.

- dezembro 04, 2018


Este casal está sendo obrigado a se separar depois de 73 anos juntos, graças a uma decisão do lar de isosos .

Casamento deveria ser um compromisso para a vida inteira. No mundo moderno atual, várias pessoas escolhem abandonar seus casamentos. O número de divórcios é o mais alto que já existiu. Mas para algumas pessoas, a separação não é voluntária. É forçada. Assim como nesse caso, do casal que permaneceu unido por 73 anos e casado por 69 desses anos.

Audrey Goodine, de 89 anos, esteve casada com Herbert Goodine, de 91 anos, por quase sete décadas. O casamento deles durou 69 anos. Mas apesar dos dois serem totalmente devotados um ao outro e ainda totalmente apaixonados, eles recentemente receberam péssimas notícias.

Antes da notícia, o casal estava junto no Lar de Idosos Vila Especial Vitória. O local tinha sido sua principal residência durante os três anos anteriores. Mas os médicos descobriram que a demência de Herbert estava piorando. Por conta disso, a administração decidiu mover Herbert para um local mais adequado. No entanto, essa decisão pode ter consequências devastadoras: ele nunca poderá ver Audrey novamente.

A notícia foi divulgada um pouco antes do Natal. Audrey e Herbert ficaram devastados com a ideia de passar os feriados separados. A família deles, por outro lado, ficou indignada. Após 73 anos ​​juntos, uma separação forçada não deveria ser uma opção. Os membros da família estão furiosos com a decisão do governo.

A filha de Audrey e Herbert, Dianne Phillips, recebeu a explicação via email, enviado pelo lar de idosos. Ela disse que precisou ler a mensagem diversas vezes para superar o choque e descrença. Ela não entendia o motivo dessa crueldade apenas uma semana antes do Natal.

Dianne requisitou inúmeras vezes que a residência de Herbert fosse estendida até o final da semana. Apesar dos esforços, o pedido foi negado. A administração do lar de idosos não se importa de estar forçando esse casal de longa data a passar o Natal longe um do outro.

A proprietária do lar de idosos disse que ela tem uma percepção diferente da situação. Seria ilegal não mover Herbert. A condição de saúde dele requer cuidados de nível 3 e a instituição onde ele está atualmente é capaz de oferecer cuidados de no máximo nível 2.

Dianne argumenta que o lar de idosos deveria ser mais sensível a respeito dos protocolos e fazer um esforço maior para não realocar o pai dela antes do Natal. Os esforços dela eventualmente foram reconhecidos e o casal conseguiu permanecer unido durante o Natal. Agora, Dianne defende que ambos sejam movidos para o mesmo lar de idosos.



Um casal tão bonito não deveria ser separado por motivos de saúde. O que você acha dessa situação?

Fonte: apost
Advertisement