Este erro matou uma família de quatro pessoas e é provável que você já o tenha cometido.

- dezembro 04, 2018


É provável que você, como a maioria das pessoas, ame comer batatas e prepará-las para os outros. Embora elas sejam tão versáteis quanto deliciosas, uma palavra de caução é necessária em relação a armazená-las em sua casa. Se apodrecerem, as batatas podem se transformar em uma arma fatal!

Leia o angustiante relato da tragédia que caiu sobre essa família que acidentalmente deixou que as batatas em seu porão se tornassem tóxicas.

O trágico dia em 2014 começou como qualquer outro para Maria Chelysheva, na época com 8 anos, e a sua família. Então, quando seus pais estavam preparando o jantar naquela noite, sua vida inteira virou de cabeça para baixo.

Seu pai inocentemente desceu ao porão, para pegar algumas batatas para a refeição.Bizarramente, ele não retornou.Sua mãe desceu para ver o que tinha acontecido e o resultado foi o mesmo. O irmão de Maria achou estranho que os pais não tivessem voltado e, portanto, também desceu as escadas para ver o que estava acontecendo.Ele também não voltou.A essa altura, a avó de Maria pediu ajuda aos vizinhos, pois temia algo perigoso. Contudo, antes que eles chegassem, ela também decidiu verificar o que havia acontecido com os membros da família que tinham descido para o porão e não retornado.

A pobre Maria não tinha ideia do que estava ocorrendo com os seus familiares, que desapareciam no escuro porão, um por um!

Não havia nenhum assassino em série escondido nas sombras. Em vez disso, o culpado era o gás tóxico liberado por batatas podres. Um fato pouco conhecido em relação a esses tubérculos é que se eles apodrecem, podem produzir umcomposto químico, chamado glicoalcalóide, que é venenoso quando ingerido ou mesmo inalado. Esse composto tóxico foi o responsável pelo falecimento trágico e misterioso da família de Maria.

Maria corajosamente desceu as escadas em direção ao porão, em busca dos membros da sua família que não haviam retornado. Mas ao contrário deles, ela não teve o mesmo trágico destino. Por que não? Porque, felizmente, sua avó tinha deixado a porta aberta. Como resultado, uma quantidade suficiente do gás tóxico das batatas podres havia escapado do ambiente, fazendo com que o que ainda restava dele no ar não mais atingisse um nível tóxico.

Embora tenha sobrevivido, Maria ficou órfã e agora está sob os cuidados de outros parentes.

Como muitas pessoas noa conhecem os perigos do gás emitido por batatas podres, compartilhar essa história com seus amigos e familiares pode acabar por salvar vidas inocentes! Você já sabia que batatas apodrecidas podiam ser assassinos silenciosos?

Fonte: apost
Advertisement