Mãe vira escudo humano para proteger bebê de tempestade de granizo.

- dezembro 19, 2018


Uma mulher australiana, identificada como Fiona Simpson, sofreu ferimentos no corpo após usá-lo como escudo para proteger seu bebê, de apenas quatro meses, de uma chuva de granizo intensa que caiu sobre a região de Kingaroy, Queensland.

Seu ato fez com que fosse recomendada para um prêmio de bravura oferecido pela Premier Annastacia Palaszczuk, segundo informações do The Australian.

Fiona, sua avó e sua filha, Clara, estavam dentro de um carro quando a tempestade começou. O granizo ficou tão pensado que acabou quebrando a janela do veículo, deixando a criança coberta de gelo e detritos de vidro. Neste ponto, Fiona passou para o banco de trás, envolveu a filha nos braços, de modo que seu corpo servisse como escudo, e permaneceu na posição até que a tempestade parasse.

Ela sofreu uma série de contusões e hematomas nas costas, causadas pelas pesadas “bolas”. Falando ao parlamento estadual de Queensland, Palaszczukdisse alertou sobre o perigo das tempestades na Austrália e elogiou a atitude de Fiona, que permitiu que Clara saísse do incidente sem qualquer arranhão.

“Hoje de manhã, assinei uma recomendação ao Australian Bravery Decorations Council para reconhecer formalmente a coragem de Fiona”, disse o Premier.

O Australian Bravery Decorations Council é um órgão consultivo independente que considera nomeações para prêmios e faz recomendações ao Governador Geral.

O conselho pode recomendar prêmios, incluindo a Comenda pela Conduta Corajosa (Commendation for Brave Conduct), a Medalha de Bravura (Bravery Medal), a Estrela da Coragem (Star of Courage) e a Cruz de Valor (Cross of Valour).

Fonte: jornalciencia
Advertisement