Ele Ouviu Gritos em uma Casa Abandonada. Arrombou a Porta e Encontrou o Ex com Uma Faca.

- janeiro 05, 2019

O que você faria se a vida de uma pessoa estivesse em perigo e você pudesse fazer algo a respeito?

Você machucaria uma pessoa para salvar outra? E se a pessoa ameaçada fosse um membro da sua família? Essas eram perguntas que uma família teve que responder quando saiu para procurar por um de seus integrantes que havia desaparecido.

Nem sempre há tempo para ligar para a emergência e esperar por ajuda. O sistema legal reconhece que em certos casos, a força bruta é justificada. Às vezes, uma pessoa que toma essa atitude é recompensada por agir rapidamente.

Sequestrada pelo Ex Namorado

A situação começou quando Bethany Arceneaux, de 29 anos, foi vista sendo arrastada para fora de seu carro em um estacionamento. Um conhecido testemunhou o sequestro do ex-namorado de Arcenaeaux, Scott Thomas, e o pai do filho deles, de 2 anos de idade. Arceneaux já tinha uma ordem de restrição contra o homem. Arceneaux pediu ao conhecido que levasse seu filho, e o conhecido o fez. O ex-namorado então foi embora com Arceneaux em seu carro

A Busca se Inicia

A família colocou cartazes divulgando o desaparecimento, mas isso não ajudou. O carro de Thomas foi encontrado pela polícia, e apesar das buscas, não havia pistas sobre o paradeiro dele ou de Arceneaux. A família também verificou o carro. Enquanto estavam lá, algumas pessoas mencionaram uma casa abandonada que havia por perto.

Um Confronto Mortal

Um amigo, um vizinho e seis familiares foram investigar. Eles ouviram alguém gritando por ajuda quando chegaram. Os irmãos de Arceneaux chutaram a porta e viram Thomas esfaqueando Bethany repetidamente. Um membro da família sacou uma arma e disparou contra Thomas, que morreu. Arceneaux sobreviveu e nenhuma acusação foi feita contra o autor do tiro fatal


Fonte:  apost
Advertisement