Anvisa aprova remédio que previne enxaqueca.

- março 27, 2019


Estudos mostram que metade dos pacientes que recebem a droga têm uma redução de 50% nas crises.

Ainda não há tem valor definido para o remédio, mas no primeiro momento o preço deve ser alto. No EUA, o custo anual é de US$ 6,9 mil, cerca de R$ 26 mil.

O tratamento não promete a cura, mas contribui para a prevenção de crises de enxaqueca. De acordo com estudos, metade dos pacientes que recebem a droga têm uma redução de 50% nos dias de cefaleia (dor de cabeça).

Como tratar a enxaqueca?

Durante uma crise de enxaqueca, siga essas recomendações:

Tome o medicamento: pessoas que têm enxaqueca frequente devem sempre andar com seus medicamentos. Isso porque algum tempo após a dor de cabeça se iniciar, ocorre um processo de sensibilização central, que mantém a dor e a torna mais rebelde aos analgésicos

Entenda o que alivia a sua dor: como os desencadeantes da enxaqueca são diferentes para cada um, a forma de aliviar essa dor também varia. Alguns dos tratamentos não medicamentosos mais comuns incluem compressas quentes ou frias, massagens, terapia de biofeedback, homeopatia e acupuntura
Trate os sintomas separadamente: como o analgésico trata apenas a dor da enxaqueca, os outros.

sintomas devem ser tratados de forma tópica. Esse cuidado é redobrado com aqueles que sofrem com vômitos, pois ele pode golfar os analgésicos, precisando ir ao pronto socorro para receber drogas injetáveis.

Descanse em um local escuro e silencioso: durante uma crise de enxaqueca, o paciente não suporta ambientes barulhentos e com muita luz. Por isso, o ideal é se sentar o deitar - o que for mais .

confortável - em um local com pouca luz e sem barulhos, evitando ao máximo atividades que o tirem do repouso.

Faça refeições leves e hidrate-se: beba muito líquido, tanto água quanto soluções hidratantes disponíveis no mercado. Caso haja vômito, o melhor é não ingerir alimentos sólidos e, em casos graves, procurar um pronto atendimento para receber medicações injetáveis mais potentes.

Fonte: minhavida
Advertisement