Gigantesco bloco de gelo da antartida prestes a se desprender.

- março 31, 2019

Plataforma de Gelo Brunt na Antártida

Um bloco de gelo com o dobro do tamanho de Manhattan em Nova York, a qualquer instante, pode vir a se soltar da Plataforma de Gelo Brunt na Antártida.

A causa disso são duas rupturas nessa Plataforma que estão cada vez mais prestes a se juntarem e, ao se unirem, se desprenderá um gigantesco iceberg, com largura aproximada de 1,7 mil km² e espessura aproximada de 150 metros, e que se direcionará para o oceano, onde derreterá aumentando o nível do mar, conforme informou o National Geographic.

Esse avanço nestas duas grandes rupturas vem ocorrendo gradativamente já faz anos. Apesar da Estação de Pesquisa Halley - um centro de atividades de pesquisa da British Antarctic Survey (base da Grã-Bretanha na Antártida) - monitorar intensamente a Plataforma de Gelo Brunt, não se pode prever quando o iceberg se soltará.

Isso já ocorreu com outros icebergs na camada de gelo da Antártida, como por exemplo, o bloco do tamanho de Delaware (aproximadamente 5,8 mil km²) que se desprendeu do manto de gelo Larsen-C em 2017.

A primeira linha de rompimento da Plataforma de Gelo Brunt, é chamada pelos glaciólogos de Abismo 1, pois, se estende da superfície até o oceano abaixo do manto, essa ruptura vem se formando há mais de 35 anos.

Quando ocorre de um rompimento da camada de gelo ser mais rasa, os glaciólogos o chama de rachadura ou fenda.

Até 2012, a Plataforma de Gelo Brunt estava em situação estável, até os topógrafos perceberem o aumento do seu rompimento, avançando e projetando para o oceano e que vem aumentando cada vez mais.

A outra fissura na placa de gelo foi observada pela primeira vez em 2016 e é chamada de fenda Halloween.

Aumento do nível do mar à vista
Os vários rompimentos de gelo dos anos anteriores na Antártida têm contribuído para desestabilizar e desequilibrar as regiões polares do nosso planeta.

Fenômenos como ruptura e derretimento do gelo nas regiões polares, incidirá no aumento do nível do mar em todo o planeta.

Os cientistas dos EUA e do Reino Unido atestam isso em um relatório que afirma que o derretimento do gelo na Antártida representa ameaça para diversas grandes cidades litorâneas em todo o mundo.

Esse relatório ainda diz que o derretimento da camada de gelo aumentou o triplo nos últimos cinco anos. Os cientistas alertam que são necessárias medidas para reduzir as causas desse desequilíbrio. Algumas dessas causas são as emissões de gases de efeito estufa e a poluição, além de outras devido às intervenções humanas na região.

Fonte: greenme / Deise Aur
Advertisement