O cheiro dos recém-nascidos é viciante para as mães, pesquisa comprova

- março 27, 2019



Quando a mãe sente o cheiro de seu bebê, é inundada por sentimentos positivos como calma e felicidade!

Existem muitas coisas especiais na relação entre mãe e filhos, e muitas delas remontam da época em que eles ainda eram bebês. Uma lembrança que quase todas as mães têm dessa fase é do cheirinho característico dos filhos, pelos quais eram apaixonadas. E não só as mães, ninguém resiste a um cheirinho de bebê.


Por mais que algumas pessoas possam achar esse hábito estranho, a realidade é que é bem comum, praticamente todas as mães se apaixonam pelo cheirinho dos seus bebês, e a ciência pode explicar porque isso acontece.

O cheiro dos filhos recém-nascidos causa um efeito narcótico nos cérebros das mães. Isso significa que é como um vício. Os hormônios de oxitocina estão muito relacionados a esse fenômeno. Quando a mãe sente o cheiro de seu bebê, é inundada por sentimentos positivos como calma, prazer e felicidade.

Confirmado cientificamente

Um estudo pela revista “Frontiers in Psychology” teve como objetivo comprovar cientificamente essa relação entre as mães e o cheio de seus bebês. Os pesquisadores acompanharam um total de 30 mulheres, 15 mães recentes e 15 sem filhos.


Foi pedido que essas mulheres identificassem diferentes tipos de odores de olhos cobertos, e os pesquisadores observavam seus cérebros a cada odor diferente.

Entre os diferentes odores estava um pijama usado por um bebê. As novas mães identificavam na hora o cheirinho e seus níveis de dopamina no cérebro aumentavam consideravelmente. Foi descoberto que as mesmas áreas do cérebro eram ativadas quando elas cheiravam a roupinha do bebê ou quando cheiravam alimentos que lhes agradavam.



A dopamina pode ter o mesmo efeito de drogas quando liberada em nossos cérebros, só que o efeito é natural e não causa consequências ruins para a saúde.
A oxitocina é o hormônio que mais promove a união entre mãe e bebê. Assim que a criança chega ao mundo, o organismo da mãe recebe uma grande quantidade desse hormônio, maior do que em qualquer outro momento da vida.

A união entre ocitocina e dopamina fazem com que mãe e filho criem uma conexão forte e inquebrável durante toda a vida. Através do trabalho de ambos, o instinto de mãe é nutrido dentro de mulher, o que faz com que ela entenda seu papel na vida do filho e esteja sempre ao seu lado, não importa o que aconteça.


Uma vez que uma mulher se torna mãe, sua vida é transformada para sempre! Seus filhos sempre serão sua prioridade e não há nada que ela não faça para protegê-los. Eles serão os seus verdadeiros amores enquanto viverem.

O cheirinho dos bebês é realmente viciante. Você já sabia do seu poder? Comente abaixo e compartilhe com as mães que precisam saber disso!

Fonte: O segredo


Advertisement