Se o teu namorado tem barba a probabilidade de ser infiel é maior

- abril 27, 2019





Bem na verdade todos os homens, ou praticamente todos, tem barba, mas muitos deles apenas aparam a barba, deixando aquela barba “mal feita” que deixa qualquer um com um ar de homem com “H” maiúsculo.



O estudo efectuado pelo portal Eva contou com a participação de mais de 2 mil homens e mulheres. Os homens afirmam até que acham que a sua cara com barba fica um pouco mais “rude” e gera menos empatia. Os resultados foram publicados no “The Telegraph”.


DEPOIS DE ANALISADAS AS RESPOSTAS DE TODOS O PARTICIPANTES FOI POSSÍVEL CONCLUIR QUE:

45% dos homens com barba, afirmou que já traiu, contra 29% de homens que fazem a barba que afirmam esse facto.
Podemos então concluir que se tens um namorado com barba as hipóteses de ele trair aumentam em 16% de hipóteses.
Outro facto que surpreendeu os pesquisadores, foi quando fizeram perguntas sobre roubar ou não coisas, onde cerca de 40% dos homens com barba admitiram que já roubaram alguma coisa. Contra apenas 17% de homens sem barba que admiraram ter roubado algo. Será que eles por terem barba (ou seja, o rosto coberto de pelos) se julgam irreconhecíveis?



Ora portanto podemos então concluir, que os homens de barba para além de ser mais infiéis do que os homens com a barba feita, ainda te podem roubar?


É MUITA COISA MÁ PARA UM HOMEM TÃO CHARMOSO!

De acordo também com a análise de vários psicólogos, um homem que tende a esconder metade do rosto, pode indicar que há algo no seu comportamento que ele também quer esconder. Isto pode significar que o teu homem te anda a esconder algo, nem que seja as bochechas.

Estes estudos valem o que valem, foi inquirida apenas uma minúscula parte da população mundial o que significa que estamos a trabalhar com percentagens e probabilidades, logo estes dados não fazem disto uma verdade absoluta, são apenas estimativas.

Prefiro continuar acreditar que o meu namorado faz parte dos 55% dos homens com barba que afirma que nunca traiu.



Traduzido e adaptado: Rebelcircus.com
Advertisement