Senhor de 70 anos com as duas pernas amputadas planta 17.000 árvores em 19 anos e salva floresta

- abril 12, 2019



O nome dele é Ma Sanxião e ele tem uma história que serve de exemplo sobre como é possível transformar positivamente a própria realidade e a daqueles que nos cercam, mesmo nas condições mais adversas. O senhor de 70 anos, morador da aldeia de Mayu, província de Hebei, China, tem as duas pernas amputadas devido a uma doença, mas isso não o impediu de levar adiante uma nobre missão, recuperar o ecossistema de toda a região em que vive.

A missão de Ma Sanxião começou em 2000, quando ele começou a plantar árvores para arrumar uma renda extra para a família. Desde então, ele nunca mais parou. Já foram 17 mil árvores plantadas ao longo de 19 anos. Então, o que começou como uma forma de ganhar dinheiro, hoje se tornou, segundo o próprio Ma Sanxião, uma maneira de “pagar a sociedade”.



Os esforços do corajoso Ma Sanxião ajudaram a reconstruir todo um ecossistema ao redor da Cordilheira Taihang, que tinha se transformado em um pequeno deserto devido ao desmatamento irrefreável.









Cumprindo uma rotina diária, Ma geralmente sai de casa às 5h, usa um pequeno veículo conhecido como Tuk Tuk para chegar ao local, e a partir daí dá início ao seu trabalho de plantar árvores. Ao China News, Ma Sanxião afirmou que já sofreu ferimentos graves durante seu trabalho. Algumas vezes, chegou a caiu em fendas profundas e sofrer fraturas.



Ma, que diz sentir-se seguro entre as árvores, recebe desde 2008 uma ajuda financeira do governo. A sua intenção é, nas suas próprias palavras, “retribuir para a sociedade” tudo que conquistou.

Por tudo isso, a trajetória de Ma Sanxião ao longo dos últimos 19 anos é a mais perfeita definição de consciência ecológica e comprometimento com uma missão.





***
Com informações de R7
Advertisement