Atleta que vendeu jujubas para custear treino vence torneio de artes marciais em Maceió

- maio 01, 2019




Em janeiro deste ano, o TNH1 contou a história do adolescente Pedro Henrique Gomes da Costa, de 14 anos, que vendia jujubas pelas praças do conjunto Graciliano Ramos, parte alta de Maceió, para custear os treinos de Muay Thai, alimentação adequada e o valor da inscrição em um torneio de artes marciais.



A boa notícia é que no último fim de semana Pedro Henrique conquistou sua primeira medalha e venceu a disputa de Box Chinês (conhecido também como Sanda), categoria amador – a primeira que se pode concorrer para então tentar as divisões de base, intermediária e profissional, nesta ordem – por nocaute técnico. As lutas aconteceram durante o Kung Fu Fight, no ginásio São Judas Tadeu, conjunto José Tenório, bairro da Serraria, e atraiu muita gente para a disputa, deixando as arquibancadas cheias.

Com a medalha no pescoço e o certificado da tão suada vitória nas mãos, Pedro é só alegria. “Ainda estou sem acreditar que venci. Parece que tudo foi um sonho e a ficha ainda não caiu”, falou o garoto à reportagem do TNH1. “Foram oito meses de treinos intensos mas mesmo assim eu não imaginei que poderia vencer”, acrescentou, com um sorriso de orelha a orelha. “Só posso agradecer a todo mundo que nos ajudou a chegar até onde chegamos”, concluiu.

Um vídeo feito pelo tio de Pedro mostra o momento em que ele vence a primeira disputa; acompanhe a emoção:


Rouco pela comemoração da conquista, o atleta amador garante que já vai retomar a rotina dos treinos para se preparar para uma nova disputa, prevista para o próximo mês de julho. “Até o final deste ano quero vencer as seletivas e iniciar minha caminhada para a equipe profissional”, planejou Pedro.

O atleta treina em uma academia simples, no bairro do Village Campestre II, juntamente com outros jovens carentes que sonham em viver do esporte. Caso alguém queira ajudar a patrocinar o treino dos garotos, é só entrar em contato com a equipe de professores de artes marciais do projeto, através das redes sociais.








Fonte:TNH1
Advertisement