Idosa de 83 anos matricula-se na escola para conseguir ler e interpretar a bíblia!

- maio 31, 2019









Tudo teve início quando a sua pequena neta ingressou no primeiro ano escolar. A doce avó Anastasia começou a enviar um caderninho pessoal na mala da neta, para que, diariamente, a professora responsável lhe encaminhasse alguns exercícios para ela própria os resolver.


Ao conhecer a força de vontade da idosa, a professora de sua neta se responsabilizou pela matrícula formal na escola e pelo seu acompanhamento nas matérias, garantindo, assim, que Anastasia recebesse o seu diploma de formação, na conclusão dos seus estudos.

Anastasia Martinez vive em Serra Aguazul, uma aldeia de Santa Cruz de Yojoa, localizada nas Honduras. Ela sabe que tem que assistir assiduamente às aulas na escola local e relatos nos garantem que ela se senta na primeira fila da sala de aula, junto dos seus colegas (com décadas de anos de diferença) que a adoram. Ela fica toda a aula atenta a tudo o que sai da boca da professora, para que não lhe falhe nada na sua aprendizagem.



A idosa se diz muito feliz por frequentar a escola e muito agradecida pela oportunidade que lhe estão dando nessa fase adiantada da sua vida. Mesmo que saiba que não lhe sobram muitos mais anos nesse mundo, ela quer aprender a ler a Bíblia Sagrada, para na altura de se encontrar com Deus no além, já não lhe restem dúvidas nem questões para colocar. Ela quer morrer sabendo o que deixa nesse mundo e o que a espera no além.



Diariamente, Anastasia tem que se deslocar à escola que dista 5 quarteirões de sua casa e aproveita cada metro que caminha – quando ela era criança não teve essa oportunidade pois a sua família era extremamente pobre. O mesmo acontece na escola; quem a olhar lá, vai pensar que voltou novamente à infância e, como o comum dos jovens estudantes, tem uma temática que não gosta tanto, sendo esta os Estudos Sociais. Anastasia diz que são dados de mais para sua cabeça.


Resta saber a avaliação da professora. Ela diz que Anastasia é uma aluna atenta e que consegue alcançar todos os objetivos propostos. No entanto, dada a sua idade, ela pode levar mais tempo do que as outras crianças da turma. O cansaço, a falta de visão e audição são outros dos problemas que atrapalham na velocidade de aprendizagem da idosa.


Astrid Fernanda Márquez se sente uma neta orgulhosa. Quanto a Anastasia, ela quer continuar a estudar e, se Deus lhe der saúde, irá continuar a tirar outros diplomas.


Fonte:Dicas On Line
Advertisement