Menino alérgico ao leite fica coma após sofrer bullyng com queijo.

- maio 12, 2019


O menino de 13 anos foi mais uma vítima do bullying nas escolas e sua mãe desabafou
Um menino de 13 anos acabou ficando em coma e depois faleceu por causa do bullying na escola. Os colegas sabiam que o pequeno Karanbir Cheema era  alérgico ao leite. Mas mesmo assim em julho de 2017 alguns dos colegas jogaram queijo em Karanbir no intervalo da escola William Perkin Church of England High School em Londres na Inglaterra.

Apenas o contato com o queijo foi o suficiente para que o adolescente, que sofria com uma gravíssima alergia ao leite, ficasse. Ele foi hospitalizado, mas infelizmente não resistiu e faleceu dez dias após o triste caso.

Agora, a mãe do jovem desabafou sobre a perda. “Meu mundo acabou. Ele era meu único filho, toda a família o amava muito, estamos devastados”, disse Rina Cheema em entrevista ao jornal britânico Daily Mail.

Rina quer que o caso de seu filho sirva como um exemplo do quão sérias as alergias podem ser e que é preciso conscientizar os outros sobre isso. “Os adolescentes que fizeram isso contra meu filho disseram que não queriam matá-lo e eu realmente acredito nisso. Mas a escola, que sabia muito bem sobre a alergia do meu filho, deveria ter conscientizado os alunos sobre o quão grave uma alergia pode ser. Além disso, quando ele começou a passar mal, um funcionário da escola chamou a ambulância e relatou que era ‘apenas uma reação alérgica’. Eu acredito que a escola não fez o suficiente pelo meu filho”, afirmou a mãe.

Fonte: bebemamae / Redação
Advertisement