Os 5 sinais que permitem que você desmascare uma pessoa invejosa.

- maio 27, 2019


Levante a mão quem na vida não tenha, pelo menos uma vez, sentido inveja de alguém. Esse é um dos sete pecados capitais mais comuns e frequentes, porque no final todos nós, mais cedo ou mais tarde, gostaríamos de estar no lugar dos outros. O objeto do desejo pode ser amor, carreira, aparência física, talento ou simplesmente um traço da personalidade. Aqui estão 5 sintomas emblemáticos que podem revelar esse sentimento negativo:

Falta de filtros. Com a desculpa de ser franco e sincero, uma pessoa invejosa diz o que pensa sem respeito ou educação, com a intenção de ferir ou machucar. Honestidade é um álibi conveniente para ser cruel e agressivo.

Alegria com o fracasso dos outros. Os invejosos gostam quando alguém comete um erro. O sucesso dos outros faz com que ele sofra, então vê-lo desaparecer torna-se uma fonte de satisfação.

Falsa cordialidade. A inveja muitas vezes se esconde atrás de uma máscara de hipocrisia. Os invejosos tendem a mostrar-se gentis e amigáveis, mas na realidade seus sentimentos verdadeiros são muito diferentes.

Sarcasmo dominante. A abordagem mais comum doe uma pessoa invejosa é tentar desmantelar os outros com uma ironia aguda, fazendo piadas e comentários ambíguos. O objetivo é fazer o outro passar vergonha.

Comparação constante. Mesmo quando não estão em competição direta com alguém, os invejosos sentem-se constantemente em competição com os que os rodeiam. A razão está no seu egocentrismo, que sempre os leva a fazer comparações com os outros, impulsionados pela necessidade de prevalecer.

Aqueles que querem desesperadamente ser como outra pessoa ou ter o que ela tem, essencialmente sofre de uma crônica falta de autoestima. Os outros são sempre vistos como ameaças ao seu status, mas esse tipo de ambição, em vez de servir como um estímulo para melhorar sua situação, transforma-se em um desejo que piora a vida dos outros. De fato, existe uma inveja "saudável", isto é, aquela que leva as pessoas a tornarem suas vidas mais satisfatórias, e em qualquer caso, dentro de limites aceitáveis, um pouco de inveja é absolutamente inofensivo. O caso é diferente quando a emoção em questão se torna constante e incontrolável, correndo o risco de se tornar um "invejoso" em tempo integral.

Fonte: olhaquevideo / Redação
Advertisement