Tem um bebê com 60 anos, mas o marido decide abandoná-la depois de ter conhecido a menina.

- maio 27, 2019


A verdadeira história que estamos prestes a contar é realmente inacreditável, e não apenas nos mostra como hoje não devemos mais nos surpreender com nada, mas nos mostra como o instinto maternal realmente não tem idade. Prova viva disso é o casal sérvio formado por Atifa Lijajic e Serif Nokia, que teve a rara sorte de ter um filho com mais de sessenta anos de idade. Mas nem todos os milagres têm um final feliz.

Serif, aos 68 anos, não tinha certeza se queria um filho e se teria a capacidade de criá-lo adequadamente, mas decidiu apoiar a vontade de sua esposa Atifa depois de anos de más notícias de infertilidade tinham sido dadas ao casal de idosos de Novi Pazar na Sérvia e enfraqueceram progressivamente as esperanças de um herdeiro na família. Mas a surpresa não demorou a chegar...

Depois de uma inesperada gravidez com algumas complicações, chega a boa notícia: seria uma menina! Atifa e Safir decidem chamá-la de Alina, uma menina muito vivaz que não parou de chorar desde os primeiros dias; e foi esse último aspecto a acabar com a paciência do pai idoso que decidiu abandonar a sua nova família.

"Tenho 68 anos e meu coração está fraco. Não é possível descansar, dormir uma noite inteira", disse Nokia, citando as razões pelas quais decidiu se afastar da situação delicada e muito nova que enfrentou com sua esposa Atifa.

Agora, Atifa é obrigada a criar Alina sozinha, sem um emprego estável ou com a quantia de dinheiro necessária para garantir uma vida radiante a sua única filha; apesar de ser uma parente distante do Ministro da Economia e Comércio da Sérvia, Atifa não tem parentes próximos que possam apoiá-la dia após dia, se não a ajuda altruísta dos cidadãos comuns de Novi Pazar.

Serif não verá a linda Alina, filha do grande desejo de uma mãe, crescer.

Fonte: olhaquevideo / Redação
Advertisement