A religião é inútil se não for acompanhada de uma boa índole e um coração puro!

- julho 31, 2019



Muitas pessoas acreditam que apenas ter uma religião é suficiente para torná-las bondosas, altruístas e merecedoras das melhores coisas criadas pelo divino. Elas vão todos os domingos para a igreja, participam de todos os grupos possíveis e estão sempre compartilhando mensagens de amor e compaixão com todas as pessoas ao seu redor.

À primeira vista, essas pessoas são realmente um grande exemplo. Estão sempre em boas companhias e parecem passar uma mensagem muito similar a que acreditam. Porém, de nada adianta viver em função de religião, se no seu interior habita um coração egoísta e uma índole maldosa.

Apenas frequentar os templos sagrados não é suficiente, é preciso que trabalhemos todos os dias para chegarmos mais perto de nos tornarmos tudo aquilo que admiramos e pregamos.
Compartilhar mensagens positivas com os seus amigos no WhatsApp é legal e ajuda a espalhar o bem, ir à igreja todas as semanas o ajuda a conectar-se mais com a energia divina, mas mais importante do que aquilo que se faz na internet é o que se faz na vida real.

Se as suas ações no dia a dia não estiverem em sintonia com tudo aquilo que você prega, alguma coisa está errada. A religião é uma guia pela vida, mas não é a coisa mais importante que você pode ter. Um coração bom e um caráter admirável são muito mais valiosos, porque são eles que demonstram que realmente somos e qual o nosso valor.

No final da vida, o que realmente contará não é qual livro decidimos seguir, mas o que fizemos com todas as lições que nos ensinaram. Portanto, ao invés de dedicarmos muito tempo de nossas vidas tentando provar a nossa religião, devemos nos esforçar para mostrar que somos bons seres humanos.

Quando cuidamos de nosso interior e nos dedicamos a ser pessoas verdadeiramente boas, a nossa religião não importa, porque as nossas atitudes têm um grande valor e falam muito sobre nós.

Fonte: Sorocabanices.com

Advertisement