Aluno ganha medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

- julho 11, 2019
Essa é terceira medalha de ouro do jovem na competição

Esta é a sua terceira medalha 

O jovem de apenas 15 anos, Mauro Victor Ferreira, morador de Barreto, em Nitorói, conquistou esta semana, dia 11 de julho, sua terceira medalha da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Mauro conquistou o prêmio na avaliação de 2018, enquanto estudava na Faetec Henrique Lage, unidade onde cursou todo o seu Ensino Fundamental. No próximo domingo, ele embarca para Salvador, onde receberá a condecoração.

Na competição, concorreu com mais de 18 milhões de participantes. Mas o número não assusta Mauro, que já é um veterano na competição e há três anos participa da Olimpíada. Em 2015, ganhou medalha de bronze; em 2016, a medalha de ouro, e no ano passado, ficou mais uma vez com o primeiro lugar, onde a entrega da premiação está prevista para a cerimônia de premiação na capital baiana.

Mauro explicou com detalhes o processo de seleção para a olimpíada.

A primeira prova foi de múltipla escolha e eliminatória. Se aprovado, o candidato segue para a segunda fase com uma prova discursiva. Em seguida, o aluno ingressa em um curso de duração de um ano do Programa de Iniciação Científica da OBMEP. “Eu tive sorte que na Faetec os professores sempre influenciavam a gente e propunham projetos de estudos. Estudava de manhã e no começo da tarde eu fazia um curso intensivo de matemática. Eu amo resolver problemas de Lógica utilizando a matemática. Pretendo seguir nessa área e fazer faculdade de Ciências da Computação”, afirmou decidido Mauro.

Perguntado sobre dicas para os alunos iniciantes, Mauro diz: “Você pode estudar matemática de 15 a 30 minutos diários. O mais importante é não perder a oportunidade que o Ensino Público te dá, apesar de ser pouco valorizado no Brasil. O Ensino Público tem qualidade sim, se você se dedicar irá ganhar vários concursos, assim como eu. E sempre peço calma para os alunos da Faetec. A gente tem muitas dificuldades, mas com perseverança cada um chegará ao seu objetivo”, revelou o aluno competidor de Niterói.


Fonte: osaogoncalo

Advertisement