Estudo revela que pessoas fofoqueiras são mais saudáveis

- julho 05, 2019

Ser fofoqueiro pode fazer bem a saúde

O resultado de um novo estudo realizado sobre pessoas "fofoqueiras" foi divulgado na revista acadêmica Social Psychological and Personality Science. 

Neste estudo foi constatado que pessoas ditas fofoqueiras são mais saudáveis, já que de acordo com a análise dos estudiosos sobre o comportamento das mesmas, fofocas melhoram a saúde mental. Durante o estudo, todas as informações necessárias foram coletadas para entender o que se espera de uma pessoa quando ela se torna membro de um grupo e o que acontece quando as normas sociais são quebradas.


Pessoas fofoqueiras procuram se encaixar

De acordo com a pesquisa, as pessoas podem usar informações de outras pessoas, isto é, as fofocas conhecidas, para melhorar, promover e se proteger de outras pessoas.

Os resultados deste estudo mostraram que a fofoca positiva alcançou uma apreciação maior dos outros em um nível pessoal. Por outro lado, a fofoca negativa é usada como uma forma de autopromoção e para que as pessoas possam se proteger.

Os pesquisadores estudaram por mais de dois anos centenas de pessoas diferentes, assistindo suas conversas, concentrando-se quando tratava-se de fofocas positivas ou negativas e como isso afetava a saúde. E encontraram resultados surpreendentes.

Descobriu-se que a maioria das fofocas contadas são neutras e que as mulheres são as que contam mais fofocas, especialmente nos escritórios de trabalho.

Em conclusão, o estudo afirma que ser um fofoqueiro melhora as relações sociais, alcançando assim uma maior tranquilidade e nos ensinando a enfrentar problemas potenciais no futuro.

Portanto, falar sobre os outros não precisa ser necessariamente ruim, é simplesmente uma maneira de socializar e evitar ser isolado de um grupo, e também nos aproxima de pessoas que têm uma perspectiva semelhante.

Deve-se notar que se a fofoca não pretende prejudicar os outros ou para seu próprio benefício, ela não pode ser considerada um ato ruim, mas sim uma parte normal da vida em que todos participamos pelo menos uma vez. Então, ser considerado entre as pessoas fofocando não é tão ruim quanto parece, ao contrário, ensina você a se socializar.


Fonte: i24mujer
Advertisement