Ex-morador de rua, cabeleireiro oferece cortes gratuitos a pessoas carentes!

- julho 18, 2019


Hoje aos 33 anos, Rafael Soares da Câmara morou nas ruas de São Paulo por quatro anos até ser acolhido por um casal de cabeleireiros. Com a oportunidade, deixou as ruas, adquiriu as habilidades de cabeleireiro e abriu um salão próprio em Penápolis, no interior paulista.

Como forma de agradecer pelo que fizeram a ele, Rafael oferece cortes de cabelo gratuitos a pessoas em situação de rua. “É uma forma de retribuir toda ajuda que tive quando pequeno. Eu sei como é ter vontade de comer algo, de se arrumar, de fazer qualquer coisa, mas não ter dinheiro para isso”, ressalta.

Quando termina seu expediente, ao menos uma vez por mês, o cabeleireiro percorre praças e ruas de Penápolis para buscar novos “clientes”. O pagamento é sempre o mesmo: uma boa conversa, um sorriso sincero e satisfação do cliente pelo serviço realizado.


Ex-morador de rua vira cabeleireiro e faz trabalhos com pessoas carentes “Eu acabei indo para rua com 7 anos e permaneci até os 12. Eu tive um problema familiar. Minha mãe sofreu AVC e, como éramos em sete filhos, a maioria fruto de outro casamento, não tive outra alternativa a não ser sair de casa.”
Enquanto morava nas ruas, muitas pessoas ajudavam o jovem a se manter. Certo dia, ele conheceu um casal de cabeleireiros, que lhe ensinou a cortar cabelo, além de lhe dar comida. O convívio criou um vínculo entre eles, e Rafael acabou sendo adotado.



“Eu acabei conhecendo o casal. Os dois começaram a me levar no salão onde trabalham e decidiram me adotar e me tirar das ruas. No local, eu comecei a aprender a profissão que exerço há 18 anos ”, afirma.
“Meus pais me ensinaram tudo que eu sei hoje. Além de ter me adotado, eles me passaram todo o conhecimento necessário para eu atuar como cabeleireiro. Eu amo o que faço. Eles mudaram minha vida”, conclui.


FonTribuna Online/Fotos: Reprodução/G1
Advertisement