Quando dizer adeus significa aprender a reconhecer

- julho 07, 2019
Imagem relacionada

Dizer adeus é ser agradecido a quem deixamos no passado

Acabou. A vida real não é um filme de amor feliz de que todos estão falando, nem um livro em que os relacionamentos sempre duram: amor eterno, amizade inseparável, família unida até o fim...

Na vida real, o amor em todos os seus aspectos nem sempre é suficiente e ir embora é a ordem do dia.

O que é difícil quando saímos é que não há espaço para um possível retorno e existem apenas lacunas entre duas ou mais pessoas.

Às vezes, ir embora se torna uma regra de vida. Em outras palavras, a coisa mais complicada em ir embora não é dizer adeus, mas entender que dizer adeus significa desistir e continuar.

Deixe ir e solte

Muitas vezes nos dizem que a vida é como uma montanha-russa: uma vez que você entra, você tem que se adaptar às subidas e descidas que a compõem. Por outro lado, querem nos mostrar que uma vida feliz é uma vida em que as coisas duram para sempre.

É esse aborrecimento que nos magoa. Sentimo-nos vulneráveis ​​quando descobrimos que a nossa verdade está em constante mudança, que a felicidade não é eterna e que, mais cedo ou mais tarde, todos seremos forçados a perder para continuar a vencer.

"Muitas vezes a vida é sobre deixar de lado o que uma vez nos salvou, 
deixar de lado as coisas que nos apegamos, que pensamos que tê-las 
sempre nos salvaria das quedas."
-Jorge Bucay-

As pessoas que chegam também podem sair, assim como também da mesma forma que chegamos, também podemos sair.

E quando saímos ou partimos, o que resta é o que lhes ensinamos ou o que eles nos ensinaram, bem ou mal.

Devemos deixar ir o que não é mais, aceitar e aprender a continuar a viver com a parte que nos deixou e que nos faz quem somos.

Tudo isso implica ir embora

Ir embora é um dos momentos mais difíceis pelos quais passamos, já que envolve muitas outras coisas que nos afastam do nosso "eu" e nos levam a nos perder.

Ir embora envolve a liberação de algo que não queremos liberar e que queremos manter ao mesmo tempo.

Deixar significa dizer algo que não conseguimos dizer e que nunca dissemos antes, fazer o que não podíamos fazer e entender o que não entendemos.

Em suma, deixar é viver tudo o que não conseguimos viver e que sempre sentiremos falta.

"Acenda, mesmo que isso custe a noite,
Mesmo que o céu que se abre seja a morte
e o oceano nada mais que um abismo criado cegamente."
-Blanca Varela-

Diante disso, temos a força, o sacrifício e a coragem que todos temos em nós, mesmo que pensemos o contrário.

Todos somos capazes de olhar para o futuro, tão escuro como é, e ter a coragem de enfrentar a dor, porque só assim a vida saberá que estamos prontos para sermos felizes novamente.

Aprender a sair é crescer

Às vezes nem temos tempo para ir: a vida faz com que alguém que amamos parta, embora ela de alguma forma sempre ficará conosco.

Em outras ocasiões, saímos sem ter consciência disso: ninguém está mais apto a criar algo falso do que alguém que quer que a mentira seja verdadeira, diz Jorge Bucay.

O teste de sair, como dissemos no começo, é nos ver felizes depois de dizer "adeus".

Quando isso acontecer, teremos passado por um processo de lenta cura interior, buscando quem somos, o que queremos ser e o que podemos ser para nós mesmos.

O verdadeiro "adeus" vem quando pensamos no passado com essa pessoa e nos vemos mais agradecidos a ela.

Nós crescemos porque tudo o que vivemos foi bom até o adeus, nós crescemos porque percebemos que a vida só faz sentido quando queremos sempre vivê-la.

"Seria mentir dizer que temos que cuidar de tudo o que amamos e apreciamos; e seria uma mentira dizer que devemos seguir adiante com tudo o que ficou para trás, tudo o que não existe mais."
-Jorge Bucay-



Fonte: nospensees

Advertisement