Quem nunca ouviu: Porque você não vai criar Galinhas? Saiba mais

- julho 25, 2019

Simples e fácil

Criar galinhas é uma experiência muito interessante. Não requer muitos cuidados e beneficia-nos com ovos frescos e carne de qualidade muito superior à dos supermercados.
Com uma pequena capoeira que poderá comprar em qualquer loja de bricolagem, poderá ter a oportunidade de criar as suas aves, sem dificuldade.
O ideal é manter as galinhas à solta, para comerem ervas frescas e pequenas pedras que contribuem para auxiliar a digestão. Ter terra à disposição é muito importante para a saúde das aves, já que ao empoeirarem-se protegem-se dos parasitas.
Nos meios rurais deve dar especial atenção à segurança das suas galinhas. Os predadores como a raposa e os saca rabos são uma ameaça constante, pelo que tomar medidas para este efeito torna-se essencial.
Não é necessário ter um galo, no entanto estes são importantes para manter a hierarquia entre as galinhas. Outra grande vantagem de possuir um galo deve-se ao facto de os ovos virem a ser galados. Possibilitando a multiplicação das suas aves em casa. Para este efeito deve ter o cuidado de não exceder o numero de galinhas por galo. Eu não ultrapasso 7 galinhas por macho.
A alimentação das galinhas
A alimentação verde é muito importante para a alimentação da maioria das aves. São uma excelente fonte de vitaminas e minerais indispensáveis. Favorecem a digestão e favorecendo a assimilação dos outros alimentos.
As aves que se alimentam de pastos e verduras são mais resistentes e registam uma taxa de mortalidade mais reduzida.
A alimentação básica das galinhas, mesmo se tratando de criação caseira, deve composta por duas partes de ração e uma parte de milho. A quebra desta base poderá resultar na queda da postura.
Cuidados com as galinhas
As galinhas são aves que defecam e sujam muito. É fundamental manter a capoeira limpa, para evitar contaminações indesejadas.
É conveniente desparasitar as galinhas, para protegê-las contra os vermes. Se pretender fazê-lo pelo modo mais natural use o alho. Para além de outras propriedades, ele também é muito eficaz na desparasitação. Coloque 1 ou 2 dentes de alho cortados, num litro de água. Deixe a macerar durante a noite. No dia seguinte forneça esta água às galinhas. Repita esta operação durante 3 dias seguidos.
Os piolhos são parasitas que podem causar grandes danos, podem mesmo levar a criação à morte. Alimentam-se do sangue das aves, enfraquecendo-as e causando-lhes anemia.
A higiene das instalações é fundamental. Como este parasita passa de ave para ave, será necessário o tratamento de todas as aves e a desinfecção do ambiente.
Poderá desinfetar o local com creolina ou cloro. Deve ter em atenção todos os recantos, já que os piolhos podem se alojar em qualquer fresta.
Nesta fase é importante reforçar alimentação das galinhas, para reabilitá-las de uma possível anemia.
Fonte: batatadoceira

Advertisement