Irmãs, tia e mãe raspam o cabelo para apoiar jovem com câncer.

- 4:51 PM

Aos 16 anos, a paraibana Vitória Araújo foi diagnosticada com leucemia. A descoberta veio após meses de cansaço crônico, sangramentos repentinos na gengiva e um desmaio em casa.

O diagnóstico uniu a família da adolescente, que em solidariedade, raspou a cabeça junto com ela.


“Eu agi naturalmente, nem parecia que estava recebendo aquela notícia, todo mundo ficou surpreso com minha reação. É assim que encaro a vida”, disse Vitória.

Após o resultado dos exames, a jovem não voltou mais pra casa. Foram quatro meses internada em um hospital recebendo apoio incondicional das cinco irmãs.


Vitória e as irmãs rasparam o cabelo após diagnóstico de leucemia, na Paraíba
Apoio da família

“Elas ficaram comigo o tempo todo no hospital, desde os primeiros exames já estavam comigo, até hoje”, declarou a jovem.

No sexto mês de tratamento, o cabelo de Vitória começou a cair. Ela então ela pediu para a irmã mais velha raspar todo o cabelo de uma vez.

A surpresa veio três dias depois: a irmã gêmea de Vitória apareceu em casa de cabelo raspado também. De repente, as cinco estavam de cabelo raspado motivando em seguida uma tia e a mãe da menina.

“Foi muito divertido, o processo principalmente. Fizemos vários cortes da moda para nos divertir”, disse Adriana Araújo, irmã de Vitória.



União que faz a diferença

A surpresa das irmãs não surpreendeu a mãe, Vanda Maria. Ela conta que já esperava essa atitude das filhas. “Porque conheço elas, já sabia. São sempre unidas”, ressaltou.

O tratamento e seus efeitos estão sendo encarados pela família com muita leveza. “Isso para mim é um orgulho, ver uma família tão unida”, disse Enéas José, pai de Vitória.

A família já tem seu lema: uma por todas e todas por uma!

Compartilhe o post com seus amigos!


Fonte: G1/Fotos: Reprodução/TV Cabo Branco
via:Razões Para Acreditar
Advertisement