Hospital nos EUA, solicita voluntários para abraçar bebês!

- 3:35 PM


Essa ligação é linda, o Centro Médico Einstein, na Filadélfia, solicitou voluntários para abraçar bebês vulneráveis, filhos de mães viciadas em analgésicos e drogas. É uma terapia de carinho que os ajuda a lidar com os dias de abstinência em que vivem depois de parar de receber as drogas  que chegaram quando estavam no útero.

O que é síndrome de abstinência neonatal?
Bebês sofrem da Síndrome de Abstinência Neonatal (SAN) porque suas mães usaram drogas durante a gravidez. Mary Ann Malloy, chefe de enfermagem em terapia intensiva neonatal do Einstein Medical Center, diz que a melhor coisa para recuperá-los é o contato humano: “Eles precisam sentir amor, uma voz suave que os conforte, um abraço que os faça se sentir amados”.



Como se fossem adultos em desintoxicação, os bebês também experimentam febre, irritabilidade, respiração rápida, convulsões, distúrbios do sono , tremores, vômitos e sudorese. A intensidade varia dependendo do que a mãe tomou.

“Você se sente desamparado quando os bebês são inconsoláveis, mas os voluntários nos ajudam a não chegar a esse ponto. Eles os abraçam assim que começam a chorar. Graças a eles, a quantidade de remédios que essas crianças precisam também é menor ”, explicou o especialista

Prática de amor
A terapia do amor e abraços tem sido usada desde os anos 80 por várias instituições nos Estados Unidos. Na maioria das vezes tem sido para tranquilizar e oferecer calor humano a bebês prematuros e nascidos de mães viciadas em crack.

Um belo trabalho, você não acha?
O amor é a melhor cura.

Deixo mais informações sobre este hospital onde os voluntários procuram bebês

Aqui você pode conferir a página do Einstein Medical Center na Filadélfia. Este é um hospital independente localizado no norte do estado. Este é o endereço:



Einstein Medical Center Filadélfia


Graças a este trabalho e por seu permanente impulso à amamentação, em 2018 obteve o reconhecimento da OMS (Organização Mundial da Saúde) e UNICEF (Fundo das Nações Unidas) como Hospital Amigo da Criança (hospital amigo da criança ).

Texto originalmente publicado no Melodijolola, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais
Advertisement