Quem ama a própria companhia está fadado a ser feliz pra sempre.

- 5:46 AM


Ei, moça. Deixa eu te contar um segredo que você vai perceber que nem era tão segredo assim: você não precisa de ninguém para ser feliz. Te vejo sorrindo pelos cantos. Te vejo abraçando teu travesseiro madrugada à dentro, nas poucas noites que dormimos juntos.

Confesso que queria fazer parte da tua vida, mas só me apetece o que é recíproco e não seria justo eu fazer força pra entrar dentro da tua bolha de um faz de conta mais que real.

Você é bela. Forte. Dona de si. Não deixem que lhe ceguem com os padrões impostos pela sociedade. Se é feliz só, só você sabe. Não deve demonstrações de felicidade. Não precisa de likes para se sentir viva. Não precisa de amores falsos que tentam fazer várias vidas por aí, reais, mas que só matam lentamente.



Você não precisa se casar pra esquecer um amor que te feriu. Não é justo com a outra pessoa no altar. A dor passa, talvez as lembranças, nunca. Você não precisa dizer sim pra alguém, quando só quer dizer sim para você mesma. Uma aceitação que vale mais a pena do que qualquer relação postada em redes sociais cheia de filtros e cores quentes, enquanto que do outro lado da tela, as coisas são frias e cinzentas. Você se completa, não precisando ser completada por ninguém. Se alguém vier, que seja pra somar.

Ouça o segredo que vou lhe dizer ao pé do ouvido: Quem ama a própria companhia, está fadado a ser feliz para sempre. (Flávio Jonatan)
Via:A soma de todos os afetos

Imagem de Ana_J por Pixabay
Advertisement