Brasil envia ventiladores pulmonares e máscaras à Itália.

- 5:08 PM


País europeu é o mais atingido pela pandemia de coronavírus e já contabiliza mais de 5,5 mil mortes

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio, anunciou nesta segunda-feira, 23, o envio de uma carga de ventiladores pulmonares e máscaras de proteção pelo Brasil.

Ministério Público pede uso da PM para fechar lojas da Havan

Itália tem recorde de quase 800 mortes em um único dia

Pessoas com sangue tipo A podem ser mais vulneráveis ao coronavírus, diz estudo preliminar na
China

Bolsonaro diz ser absurdo fechar igrejas por coronavírus

Passageiros utilizam máscara em estação em Nápoles

Segundo o chanceler, os equipamentos serão destinados aos hospitais italianos e "a quem está lutando na linha de frente contra o vírus, especialmente no norte e na Lombardia", região mais atingida pela pandemia.

Brasil envia ventiladores pulmonares e máscaras à Itália
Foto postada por Luigi Di Maio mostra envio de carga pelo BrasilFoto postada por Luigi Di Maio mostra envio de carga pelo Brasil

Um dia antes, Di Maio havia dito no Twitter que o Brasil enviaria 2,5 milhões de máscaras de proteção à Itália, que tem enfrentado escassez de equipamentos médicos por causa do sobrecarregamento de seu sistema de saúde em função do crescimento vertiginoso de casos do novo coronavírus.


Franquias para cidades pequenas: 13 opções para você começar
Descubra algumas franquias para cidades pequenas e as suas vantagens.

Até o momento, o país contabiliza quase 60 mil contágios e 5,5 mil mortes na pandemia. "Agradeço ao presidente Bolsonaro e a todo o governo brasileiro pela ótima colaboração. Brasil e Itália caminham de mãos dadas por um futuro melhor", disse o deputado brasileiro do Parlamento italiano Luis Roberto Lorenzato.

Via: terra
Advertisement