Homem todos os dias espia sala de aula do lado de fora para aprender o mesmo que as crianças.

- 5:50 PM


Muito além de um direito fundamental, a educação é também um mecanismo de transformação social e um meio para que um indivíduo tenha ferramentas para buscar seus sonhos e se desenvolver como pessoa, no individual e no coletivo. A escola cumpre um papel muito importante na formação de cidadãos conscientes, que realmente farão a diferença no desenvolvimento de uma nação.

Atualmente, muitos países alcançam um alto nível de alfabetização e educação escolar, mas ainda não é o suficiente. Muitas pessoas ao redor do mundo ainda não tem acesso à educação básica, permanecendo invisibilizados e sem as ferramentas necessárias para mudar a própria realidade.

Nas Filipinas, por exemplo, a pobreza, os conflitos internos e externos e a falta de políticas públicas eficientes contribuíram para os baixos índices de alfabetização da sua população.



Em 1988, o ensino médio nas Filipinas passou a ser inteiramente gratuito. Posteriormente, os gastos com educação no país foram aumentando gradativamente. Mas ainda existem aqueles que testemunham o pior período educacional do país, porque, em vez de estudar, foram forçados a trabalhar em tenra idade.

Algo assim provavelmente aconteceu a este homem, que, apesar de ser um adulto de meia idade, não desiste e encontra maneiras inusitadas de adquirir a educação que lhe foi negada.



”Eu estava na sala de aula quando senti alguém na janela. Quando olhei, ele se escondeu. Todos os dias ele aparece do lado de fora da grade pára copiar a lição que é passada no quadro-negro”, disse Jun De Los Santos em um post no Facebook.




O homem não perde nenhuma das aulas e olha de fora da escola para aprender a mesma coisa que os alunos são ensinados na sala de aula.

Esperamos que em breve ele sinta que as portas da escola estão abertas para ele e possa aprender como todos, de uma maneira mais confortável.



Redação CONTI outra. Com informações de Nation
Advertisement