Luvas e máscaras descartadas estão poluindo os oceanos.

- 5:32 PM







O momento tão sério e complicado que estamos vivendo, com a pandemia de coronavírus, deveria nos ensinar importantes lições sobre responsabilidade social, respeito e cuidado com o meio ambiente, mas infelizmente a situação parece ter efeito contrário para muitas pessoas.

Com o aumento do uso de máscaras faciais e luvas descartáveis para prevenção do coronavírus, está aumentando também a poluição nos oceanos pelo descarte incorreto dos materiais, de acordo com artigo publicado no The Independent.

 Séries de TV doam equipamentos médicos a hospitais para combater coronavírus

 Enquanto a humanidade está em quarentena, o planeta terra se recupera!

 Esperança: Itália e Nova York têm menor número de mortes por covid-19 desde março!

Felizmente, em muitos locais, o uso dessas máscaras já foi proibido em locais públicos, sendo permitidas apenas as de tecido, mas os prejuízos ambientais da irresponsabilidade humana nesta pandemia já estão sendo visíveis.
Segundo a National Ocean Service (Administração Oceânica e Atmosférica Nacional do Departamento de Comércio dos EUA), o plástico causa estragos nos ecossistemas marinhos.  Conforme ele gira na água, grande parte se decompõe em pequenos pedaços, chamados microplásticos, e podem ser consumidos por peixes, que os confundem com comida. O plástico acaba entrando a cadeia alimentar e chega até nós, que consumimos frutos do mar.




Não é novidade que o plástico é um dos grandes representantes da poluição no mundo todo, mas as máscaras descartáveis se tornaram uma verdadeira preocupação em fevereiro deste ano, quando a OceansAsia, grupo de conservação ambiental, publicou uma foto de dezenas de máscaras cirúrgicas nas praias de Hong Kong.


Ver essa foto no Instagram

Sadly No Shortage of Surgical Masks On Hong Kong Beaches OceansAsia are currently 5 months into a year long study of #marinedebris and #microplastics. Our research site is located on the Soko Islands, a small group of islands located south west of Lantau at the mouth of the Pearl River delta and one of the focuses is investigating the make up of the debris, where it comes from etc. On this months survey trip the team noticed a new arrival to the beach, the surgical mask. Besides the obvious disgust in hygiene mentality the interesting part for us is seeing the timing. With such a massive social change (everyone wearing masks) it has taken 6 weeks to see the effects wash up on our beaches. Surgical masks would possibly have been there before the COVID-19 virus in very small numbers, but no way on the scale we witnessed. We have been on this beach twice a month for 5 months. In Hong Kong we have already seen our nature trails getting trashed by masks, however to now know that something introduced enmasse to a population, takes just 6 weeks to arrive on our beaches. This highlights we have a serious waste management system, both in Hong Kong & China. Photo: Naomi Brennan *Gloves were worn at all times and collected masks were disposed of correctly. #covid19 #virus #cdc
Uma publicação compartilhada por OceansAsia (@oceansasia) em


Em entrevista ao The Independent, Gary Stokes, cofundador do grupo, disse que as máscaras são um adicional aos detritos presentes nos oceanos, os quais certamente levarão à morte de mais animais.

É necessário sermos mais conscientes sobre o uso das máscaras, elas são ferramentas de proteção e devem cumprir o seu propósito, do início até o fim, sendo descartadas da maneira correta e não chegando aos mares, para que se tornem um prejuízo à vida animal.

Os animais marinhos não se infectam com o coronavírus, até onde sabemos, mas certamente perdem a vida para a poluição, e é nossa obrigação sermos responsáveis também por sua vida.
O descarte correto do lixo, em primeiro lugar, é questão de obrigação; somos suficientemente civilizados para aprender que temos a responsabilidade de cuidar do lixo que geramos e, em segundo lugar, de empatia e respeito.

Nós não vivemos sozinhos neste planeta, milhares de seres vivos sofrem as consequências de nossa falta de cuidado. Está na hora de aprendermos a agir de acordo com o esperado de nós, durante e depois da pandemia.

Não faça das máscaras ou de qualquer outro produto fontes de poluição. Seja responsável e humano, pois a sobrevivência do nosso planeta depende de nossas atitudes.

Compartilhe a reflexão com seus amigos nas redes sociais.

Créditos: Planeta Notícias

Advertisement