Rocinha e Manguinhos têm mortes confirmadas em decorrência de Covid-19, diz secretaria.

- 11:35 AM




A Secretaria Estadual de Saúde do RJ confirmou nesta quarta-feira (8) que duas das maiores comunidades do Rio: a Rocinha e Manguinhos, tiveram mortes confirmadas em decorrência da Covid-19.

Na Rocinha, na Zona Sul, foram cinco mortes.
Em Manguinhos, na Zona Norte, foram três.
Os casos na Rocinha
Na favela de São Conrado, quatro homens e uma mulher morreram.

A pasta não informou quando ocorreram os óbitos nem detalhou os nomes nem as idades dos pacientes, mas informou que dois dos mortos tinham mais de 60 anos, e os outros três, entre 40 e 59 anos.


A secretaria acrescentou que outros seis moradores da Rocinha testaram positivo -- dois deles, com idade entre 30 e 39 anos, desenvolveram sintomas graves.

A maioria dos casos foi atendida na emergência do CER Leblon. Lá e no Hospital Miguel Couto, até a manhã desta quarta (8), estavam internados 13 pacientes confirmados e suspeitos de Covid-19.



Passarela da Rocinha exibe faixa "fique dentro de casa!" — Foto: Marcos Serra Lima/G1Passarela da Rocinha exibe faixa "fique dentro de casa!" — Foto: Marcos Serra Lima/G1
Passarela da Rocinha exibe faixa "fique dentro de casa!" — Foto: Marcos Serra Lima/G1


Os casos em Manguinhos
Os pacientes mortos de Manguinhos são dois homens e uma mulher, todos com idade entre 50 e 59 anos.

Dois jovens da comunidade, que tiveram sintomas respiratórios graves, fizeram testes e confirmaram a doença.

Balanço no estado
De acordo com o último balanço das autoridades, o RJ tem confirmadas 89 mortes e 1.688 casos da doença, de acordo com o ultimo boletim divulgado na terça (7). Mas outras três mortes foram confirmadas no município de Duque de Caxias, somando 92 mortes no total.

As secretarias estaduais de Saúde de todo o país divulgaram, até as 10h30 desta quarta, 14.152 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 700 mortes.

Via:G1
Advertisement