Professora fica triste por não conseguir dar aula online e seus alunos a enchem de carinho.

- 8:55 PM





Com a pandemia de coronavírus paralisando as aulas presenciais em todo o Brasil, os professores foram obrigados a se utilizar de outras ferramentas para continuar exercendo seu ofício. O quadro negro, o giz e o livros deram lugar a smartphones, tablets e computadores. E, além do conhecimento sobre a matéria ensinada, os docentes agora também que contar com um mínimo conhecimento sobre o funcionamento dos dispositivos tecnológicos e aplicativos de videoconferência.

Nesse novo jeito de aplicar as aulas, alguns saem na frente por já estarem familiarizados com essa realidade digital, outros, no entanto, encontram dificuldades para se adaptar. É o caso de Débora Meneghetti, professora de matemática do colégio CGE de Recife. Ela, que nunca tinha dado uma aula online, teve vários problemas em sua primeira experiência com o aplicativo Zoom, e ficou bastante frustrada com a situação. O que ela não esperava, entretanto, é que fosse receber tanto acolhimento e carinho dos seus alunos, que se compadeceram com a situação.





A professora comentou na plataforma que passou dias treinando e até virou madrugada preparando o material da aula que não conseguiu dar. Os alunos então a encheram de carinho e ela se emocionou, indo às lágrimas.



O momento terno foi registrado por uma estudante e postado no Twitter. A história virou matéria no site Razões Para Acreditar, que falou com a docente sobre o episódio.





“Descobri que meu computador tava sem som, que a webcam tava quebrada, uma porção de coisas que habitualmente eu não uso e, de repente, eu tive que usar. Eu tive que adaptar celular e computador, então eu pegava som do celular e imagem do computador”, disse a professora ao site.

“Todos entenderam e começaram a mandar mensagem pra ela pelo whatsapp também falando que tava tudo bem, que não tinha problema, que a gente tinha dificuldade também pra mexer e elogiando o trabalho dela”, disse a estudante Laura ao Razões para Acreditar.

“Começaram a me mandar muitas mensagens, mas umas mensagens muito carinhosas. Aí eu já tava tensa, cansada, comecei a me emocionar e eles perceberam que eu estava chorando”, completou a professora de matemática.

Esta história nos mostra que, mesmo nos momentos mais difíceis, é possível preservar a gentileza e o carinho pelo próximo. A professora Débora e os seus carinhosos alunos certamente sairão dessa experiência muito mais unidos e fortalecidos como o time de sucesso que devem ser.

Via:CONTI outra
Advertisement