Nova Zelândia elimina infecções da covid-19 e volta à normalidade.

- 11:37 AM





Por: JCS

A Nova Zelândia, através  da Primeira-Ministra Jacinda Ardern, informa que a partir das 0:00 hs de 08 de junho, voltará à normalidade, afinal a nação não tem mais nenhum caso de infecção da covid-19 em todo o território do país. Esta é a típica notícia que todo cidadão do mundo gostaria de ouvir sobre o seu país e, não pode.

Devido ao nível de controle, as medidas de isolamento serão rebaixadas ao nível mais ameno possível, permitindo que todos os cidadãos voltem a trabalhar e retornem às suas atividades normais do dia a dia.

“Hoje, 75 dias depois (de declarar o nível mais alto de alerta), ESTAMOS PRONTOS” para voltar à normalidade, declarou, com muito orgulho Jacinda Ardern. A sua gestão eficiente tem sido objeto de comentários e elogios no mundo inteiro, afinal, ela conseguiu o que nenhuma outra nação conseguiu, zerar o nível de disseminação do vírus.



A Nova Zelândia informou que: o total de infectados do país foram 1.154 pessoas, com 22 óbitos, o restante foi curado. O país decretou “emergência nacional” quando alcançaram 50 infectados em 25 de março.

Política de Isolamento rigoroso evitou a disseminação
Assim que perceberam a gravidade da pandemia eles aplicaram várias medidas restritivas, e no país inteiro as medidas foram extremamente rigorosas, assim, o país conseguiu desacelerar a disseminação do vírus. As autoridades do Ministério da Saúde pretendem declarar a extinção do vírus no território em 15 de junho.

“Estamos confiantes de que eliminamos a transmissão do vírus na Nova Zelândia por enquanto, mas a eliminação não é um ponto no tempo, é um esforço continuado”, advertiu Jacinda Ardern ao anunciar o retorno das atividades econômicas, que devem ser retomadas em um nível menos intenso do que quando parou.



“Não estamos imunes ao que está acontecendo no resto do mundo, mas, diferentemente do resto do mundo, protegemos não apenas a saúde dos neozelandeses, mas também começamos nossa recuperação econômica”, concluiu.

Fronteira continuarão fechadas
Como uma medida preventiva, as fronteiras não serão liberadas por uma razão bem simples, muitas pessoas visitando o país podem comprometer tudo o que o país conquistou e a disseminação do vírus voltará a acontecer.

A Nova Zelândia não registrou em seu território nenhum caso de infecção nos últimos 17 dias, isto é muito positivo para o controle da pandemia, com este resultado interno e as fronteiras fechadas, há uma grande possibilidade de erradicar o vírus  antes mesmo de uma vacina ser inventada.

Com informações: R7, Via:Sensívelmente

Crédito imagens: Youtube

Advertisement