Cãozinho cego corre feliz ao encontro do seu melhor amigo ao ouvir a voz dele.

- 5:24 PM


 

Ultimamente temos sido bombardeados todos os dias com dezenas de notícias ruins, o que muitas vezes nos faz sentir desesperançosos e tristes. São tempos difíceis para todos! Talvez por conta dessa ‘avalanche de realidade’, uma história simples e comovente vêm fazendo imenso sucesso na internet: um cãozinho cego se apaixonou pela voz de seu dono.


A história de amor que arrebatou os corações dos internautas aconteceu no Egito. Foi lá que, há alguns anos, um simpático vira-latinha caramelo foi resgatado em condições de saúde nada boas. Já sem visão, os socorristas o levaram a um centro de atendimento especializado, onde ofereceram a ele algo pelo qual ele seria para sempre grato, um lar.


Com o passar do tempo, o cãozinho não só se fortaleceu como se adaptou muito bem à vida no abrigo. Ele fez amizade com todos os seus cuidadores, mas com um deles criou um vínculo especial.


O cachorrinho todos os dias passeava ao lado do seu humano preferido, e só de ouvir a voz dele, descansava ao seu lado. A amizade entre eles era inabalável. Mas um dia, infelizmente, o cuidador não voltou mais ao abrigo. Ele tinha se aposentado, então não fazia sentido continuar trabalhando.


Como os cães não entendem os motivos dos humanos, o vira-latinha caramelo pôs-se por vários dias a esperar ansiosamente pela chegada de seu cuidador preferido ao abrigo. Com o tempo, entretanto, suas esperanças foram se esvaindo e ele começou a ficar deprimido.



 

Mas em um belo dia, o tão aguardado reencontro finalmente aconteceu: o cuidador decidiu ir ao abrigo para rever seus amiguinhos de quatro patas. O cachorrinho não pode ver a chegada dele, mas soube que ele estava lá ao ouvir de novo a sua voz.


No vídeo compartilhado no Reddit, é possível ver o momento em que o homem retorna ao abrigo e chama o cãozinho, que está do outro lado do pátio. O bichinho imediatamente reage ao chamado, correndo para o seu amado amigo.


Este adorável cãozinho não vê com os olhos, mas sim com o coração.


Via: Conti outra Com informações de catiororeflexivo

Advertisement