Senado aprova projeto de lei que aumenta pena para quem maltratar cães e gatos.

- 7:56 PM




Agora na última quarta, 9, o Senado aprovou um Projeto de Lei que vai aumentar a pena para quem maltratar cães e gatos, os animais domésticos mais comuns no Brasil e, por isso, os que mais sofrem com os maus-tratos.

A pena vai subir de 3 meses a 1 ano de detenção para 2 a 5 anos de reclusão + multa. O texto, que já tinha sido aprovado na Câmara, agora só precisa da sanção do Presidente para entrar em vigor.

A veterinária Marina Zimmermann, celebrou a decisão em entrevista para o portal SNB:

“A luta por uma sociedade mais humana e justa para os nossos animais venceu mais uma batalha… É uma vitória para os protetores, médicos veterinários e para todos os apaixonados por cães e gatos, que mais comumente sofrem abuso, ferimentos, mutilações e maus-tratos”.



O relator do projeto, o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) lembrou que, com o isolamento social por causa da pandemia, os números de casos de maus-tratos cresceram muito.

“Este projeto é muito importante. É inaceitável o que vem acontecendo no Brasil no aspecto da proteção animal”, disse o senador.

“Este projeto é uma forma de dar viabilidade ao mandamento constitucional de proteger a fauna. É nossa responsabilidade garantir aos animais saúde e bem-estar”, acrescentou o senador.






A veterinária Marina Zimmermann lembrou que: “Cuidar e proteger os animais é dever de todos e demostra o caráter de um ser humano”.

E fez um pedido: “compaixão pelos animais que nos ensinam o que é amor incondicional!”


Via:A Soma de Todos os Afetos
Com informações da AgênciaSenado e portal SNB
Foto: Pixabay
Advertisement