Cozinheira vira meme ao deixar clientes na mão durante a ceia de Natal e causar tumulto em SP.

- 1:05 PM


 À esquerda, imagem divulgada para clientes, e à direita, a ceia entregue pela cozinheira — Foto: Arquivo Pessoal



Moradores que encomendaram uma ceia de Natal em São Vicente, no litoral de São Paulo, alegam que terminaram sem a ceia ou que receberam comida estragada após a cozinheira não cumprir o prazo de entrega das 100 refeições encomendadas. O caso viralizou nas redes sociais após terminar em confusão na casa da profissional e com as postagens de 'expectativa/realidade' dos clientes.


Em entrevista ao G1 neste domingo (27), uma das clientes relatou que sentiu humilhação ao passar pela confusão. Juliane Beatriz Fernandes Câmara, de 27 anos, conta que a mulher responsável pelas ceias sempre fazia as encomendas de aniversário dos filhos dela. Ela explica que sempre gostou do serviço e, por isso, quis pedir a ceia para a data comemorativa.

Moradores fizeram fila da casa da cozinheira em São Vicente, SP — Foto: Arquivo Pessoal

Juliane pediu para que a encomenda fosse entregue na última sexta-feira (24), mas explica que a cozinheira parou de atender às ligações. Indignada com a situação, ela decidiu ir até a casa da mulher, onde ela prepara as ceias. "Fomos até a porta dela às 18h, depois de centenas de ligações não atendidas, e saí de lá à 0h", conta. A mulher, que tinha familiares aguardando em casa, diz que ficou envergonhada com a situação.


Quando chegou em casa, ela alega que a comida estava com cheiro de estragada, tanto o frango quanto a torta. "O que salvou foi o refrigerante e a champanhe. O problema não foi pelo valor, e sim que foi desumano o que ela fez. Ela destruiu o Natal, só a humilhação de pegar aquela fila", relembra a cliente. Ela conseguiu recuperar o dinheiro na noite de sábado (26).

Clientes fizeram comparações e montagens que viralizaram nas redes sociais — Foto: Reprodução/ Redes Sociais



Assim como Juliane, a autônoma Fabiane Lima Santa Rosa, 25 anos, também comprava da mesma cozinheira. Por gostar do serviço, ela pediu a ceia, mas se decepcionou ao não ser mais respondida. Ela decidiu ir até o local, mas quando chegou alega que tinha uma 'fila quilométrica'. "Foi um transtorno. Saí às 20h30 sem ceia, precisando correr", explica.



Moradora de Santos, ela tinha pedido duas ceias para a família, que aguardava em casa. De última hora ela rodou a cidade em busca de algo que pudesse levar para celebrar a data. "É revoltante, em um ano tão difícil a gente fez isso porque trabalha muito. Encomendei pela confiança, sei que as coisas dela são boas, mas eu não compro mais nada", conta Fabiane. Ela recebeu o dinheiro de volta um dia depois da confusão.

Ana Caroline alega que comida encomendada estava estragada quando chegou na casa dela  — Foto: Arquivo Pessoal



Uma terceira cliente, Ana Caroline Neves, de 25 anos, conta que era o primeiro Natal que ela fazia na sua própria casa. Ela encomendou uma ceia mais simples e pediu algumas alterações. Sem retorno da cozinheira, ela foi até a casa onde ficou aguardando. Com o filho passando mal, ela voltou para casa e o marido esperou a entrega.


Ao chegar em casa, horas depois, ela viu que a encomenda estava errada e alega que a comida estava estragada. "Um cheiro azedo, chorei muito, era meu primeiro Natal em casa e ela estragou isso", desabafa a mulher. Ela conseguiu o dinheiro de volta um dia depois da confusão, mas relata que precisou jogar a comida fora, por não ter condições de consumir.


O caso foi parar nas redes sociais, onde viralizou rapidamente. Internautas fizeram memes e montagens com a situação após grande repercussão do caso. Nos comentários, alguns internautas identificavam a cidade de onde falaram, comentando que o caso havia chegado em Fortaleza, Minas Gerais e outros estados brasileiros. Após o grande número de mensagens, as postagens foram apagadas do perfil oficial da cozinheira.






Caso virou meme nas redes sociais após viralizar na web — Foto: Reprodução/Redes Sociais


Cozinheira

O G1 procurou a cozinheira responsável pelas encomendas, que reforçou que está devolvendo o dinheiro aos clientes. Roseli de Assis Rodrigues, de 38 anos, conta que trabalha há 10 anos no ramo alimentício e que tinha uma equipe de 12 pessoas, mas que houve um acidente com a mesa de tortas que caiu no meio do dia. Ela fala que passou mal com o ocorrido, e por isso não conseguiu atender às ligações.


Ela conta, ainda, que durante a tarde os clientes começaram a aparecer, e com a necessidade de refazer as tortas a equipe sentiu dificuldades. "Às 16h tinha pessoas na porta querendo pegar ceia. Foi tumultuando e ficando um caos" relembra.


Em entrevista por telefone, ela alega que a comida foi feita do dia e que não estava estragada. Roseli ainda reforça que tem feito o retorno do dinheiro para os clientes. Apesar disso, ela diz que a repercussão na internet foi além do que deveria. "Tem pessoas me ligando pedindo dinheiro sem nem ter pedido", conta. Roseli finaliza reiterando que reconhece o que aconteceu. "Faço um pedido de desculpas pelo transtorno que foi grande, mas não estou me escondendo estou ressarcindo", ressalta.



Cozinheira prestou esclarecimento nas redes sociais após confusão — Foto: Reprodução/Redes Sociais



Via:G1.Globo


Advertisement