Aos 96 anos, ela se casa com o amor de sua vida no lugar onde o amor nasceu.

- 2:10 PM


 


Muitos de nós acreditamos que o amor é algo jovem. Que quando temos 20 ou 30 anos é quando já deveríamos começar uma família ou ter encontrado o amor verdadeiro, porém a vida vem para nos dizer que estamos errados. O amor pode vir até mesmo em nossa terceira idade.


É o caso de Branca, 96 anos, e Marcelino, 100, que no dia 29 de fevereiro deste ano estranho festejaram da melhor forma o dia extra que o mês tinha. Eles uniram suas vidas em casamento em um lar para idosos, onde se conheceram.




O casamento aconteceu em Campinas, São Paulo, no Brasil, poucos dias após o 100º aniversário de Marcelino, um engenheiro aposentado que afirma estar apaixonado como um adolescente por sua parceira.

“Puro amor!” Disse uma filha de Marcelino enquanto captava as imagens ternas do casal no seu dia mais feliz.

A relação começou a se desenvolver há cerca de dois anos, quando Marcelino chegou ao asilo onde conheceu Branca. Segundo o avô, ao cruzar a porta da casa ele a viu e soube imediatamente que seu coração havia recebido uma forte queda por Cupido, amor à primeira vista.




Para Branca a situação era quase a mesma, apesar de não se jogar no vazio do amor desde o início, sabia que Marcelino tinha algo que a chamava atenção, romance como na juventude.


“Eu gosto de tudo! Todos! Ele é um amor, um doce ”, diz Branca, sorridente e feliz.


Marcelino ficou conhecido em todo o asilo pela vida de engenheiro, então por ser um dos poucos a completar um século de vida, agora definitivamente roubou o coração de todos ao pedir a Branca em casamento.




Durante a cerimônia, a voz de Marcelino falhou várias vezes devido a um incômodo na garganta, mas isso não o impediu de declarar amor eterno à sua amada. Ela saiu do quarto animada, totalmente linda e radiante para conhecer seu futuro marido.



Antes do grande dia, Branca estava muito nervosa. Ela disse a si mesmo, com medo: “E se ele se desistir? E se tudo for apenas uma ilusão vã?” E ele pensava o mesmo!




No final, ambos disseram sim ao pastor que realizou o ato religioso de união, esperando que nada os separasse na eternidade. Suas mãos postas e seus rostos cheios de alegria nos mostram que o amor não tem idade e que você sempre pode encontrar.







Compartilhe a história deste lindo casal de avós com todos os seus entes queridos. Espalhe o amor que eles irradiam para que contagie mais pessoas.


Via:M F

Advertisement