Morador que escapou de enxurrada disse que se segurou em pilar da casa: ‘Máquina de lavar passou pela minha cabeça’

- 8:59 AM


 


O promotor de vendas Romulo do Carmo, de 37 anos, que escapou por poucos segundos de uma enxurrada em sua casa em Anápolis, disse que se segurou em um pilar da casa para não se machucar. Um vídeo mostra a água invandido a residência.


“Não deu tempo de olhar para trás. Quando eu agarrei no pilar, a água me levantou as pernas e a máquina de lavar passou por trás da minha cabeça e bateu no portão”, lembra o promotor.


O caso aconteceu por volta de 12h30 da última quinta-feira (18). Segundo Romulo do Carmo, uma obra que está sendo feita no lote vizinho acumulou água perto do muro, que fica no fundo da casa dele, o que provocou a enxurrada.


“Na quarta-feira, um dia antes, tinha um metro e meio de água [no lote vizinho] e eu estava aqui. Não sabia que poderia ter morrido”, desabafa.

O advogado do dono do terreno vizinho disse que a parede de parte da construção da casa do Rômulo não consta em registros de engenharia na prefeitura e, por isso, estaria irregular.


Já o morador da casa atingida disse que comprou a casa financiada e que ela passou por vistoria antes de ser vendida.


A reportagem pediu posicionamento ao Conselho de Engenharia (Crea) e à Prefeitura de Anápolis sobre a regularidade da casa do Rômulo e do lote do vizinho e aguarda resposta.


A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos informou nesta terça-feira (23) que enviará um engenheiro da pasta para fazer uma avaliação da estrutura do local.


Em nota enviada na segunda-feira (21), a Prefeitura de Anápolis informou que a Defesa Civil e as Secretarias de Obras e de Integração Social estão prestando assistência à família atingida.


O município afirmou ainda que “equipes de obras realizaram a limpeza e remoção de entulhos enquanto a pasta adquire os materiais para os trabalhos necessários para resolver o problema”.


Prejuízo de $80 mil


De acordo com o morador, a água invadiu toda a casa e destruiu os móveis, causando um prejuízo de cerca de R$ 80 mil. Em outro vídeo é possível ouvir o desespero da esposa de Rômulo ao ver a casa alagada e cheia de lama.


“Tudo foi destruído. Mas graças a Deus eu, minha esposa e os quatro cachorros estamos bem. Agora é trabalhar para comprar tudo de novo”, disse Romulo do Carmo.



Via:Portal Centro Oeste

Fonte:G1

Advertisement